Cristina Amaral homenageia Paulo Diniz com show especial

“Nas Estradas de Paulo Diniz” será realizado no Teatro do Parque.

Uma das grandes vozes da cultura Pernambucana, a cantora e compositora Cristina Amaral fará no mês de agosto um show em homenagem a Paulo Diniz.

Foto: Reprodução Internet.

Batizado de “Nas Estradas de Paulo Diniz”, o projeto traz músicas eternizadas na voz do pesqueirense, como: “Viola no Paletó”, “Um Chope Pra Distrair”, “Como?”, “Vou-me Embora”, “José” e tantas outras que embalaram corações e histórias de vida.

“Já tem mais de um ano que estamos na produção desse projeto, com a participação do próprio Paulo, mas infelizmente não será possível. Porém não poderia deixar de homenagear esse amigo e artista, que sou fã desde a minha adolescência”, disse Cristina.

O show de Cristina Amaral em homenagem a Paulo Diniz acontecerá no dia 20 de agosto, a partir das 19h30, no Teatro do Parque, na Rua do Hospício, Nº 81, Boa Vista, Recife, estado de Pernambuco. Os ingressos estão à venda no site www.sympla.com.br e custam entre R$50,00 e R$100,00

VEJA TAMBÉM:

—> Cantor Otto realizará show no projeto Mar de Música; saiba detalhes

—> Theatro Municipal terá tributo a Ivone Lara, Clara Nunes e Alcione

—> Festival Ópera da Serra da Capivara será realizado com grandes nomes da música

Autor de “Pingos de Amor”, Paulo Diniz morreu aos 82 anos, em casa, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, na manhã de 22 de junho.

De acordo com informações oficiais, o artista pernambucano morreu de causas naturais.

Para homenagear o amigo, Cristina Amaral escreveu:

E agora Paulo Diniz, o que será da música sem você? Coloquei um Arco-íris na moringa e seguirei Nas Estradas, de Pasárgada à Piri Piri, para levar cada Pingo de Amor que você deixou pra nós. Quero encontrar muita gente bacana nessa caminhada, para com elas tomar Um Chope Pra Distrair, mas tem que ser um chope duplo. Severina Cooper e José já me disseram que eu precisava levar a Bahia Comigo. Antes de sair de casa, vi a Viola no Paletó e me perguntei: Como não levá-los comigo. Como?
Vou-me Embora, mas antes passarei pelo Capim da Lagoa onde O Meu Amor Chorou e Me Pegou de Jeito, deixando um Gosto Aborrecido naquele Lugar Comum. É, Paulo… como você desejava, espero transformar a canção “A Música da Minha vida”, na música da vida dos brasileiros.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários