Theatro Municipal terá tributo a Ivone Lara, Clara Nunes e Alcione

Dia da Mulher Negra, Latino-americana e Caribenha será celebrado com o Espetáculo “Samba das Moças”.

Na próxima segunda-feira, dia 25 de julho, o Theatro Municipal receberá o espetáculo inédito “Samba das Moças”, celebrando o Dia da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha.

Foto: Reprodução Internet.

Grandes nomes da música nacional., como Ivone Lara, Clara Nunes e Alcione, receberão um tributo. Dividido em quatro blocos (Samba Ancestral, Samba Político, Samba Amoroso e Samba é Sonho), o show é permeado por poemas da escritora Conceição Evaristo. A direção geral é de Iléa Ferraz e Jô Santana.

É a primeira vez que Grazzi Brasil, Gabby Moura e Bruna de Paula, cantoras negras da nova geração, sobem ao palco do Theatro, em show que acontece às 20h. Os equipamentos culturais descentralizados da capital contam com uma vasta programação em homenagem à data.

A apresentação no Municipal simboliza uma nova ocupação da mais emblemática casa de ópera da cidade, com mais diversidade de gênero e raça, agora com o protagonismo de artistas negras em um espaço historicamente branco.

VEJA TAMBÉM:

—> Exposição ‘Portinari Raros’ está em cartaz no CCBB

—> Xamã está entre as atrações confirmadas do MTV Miaw 2022

—> Aniversário de 80 anos de Caetano Veloso será comemorado com live

“O Dia da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha representa a força e potência das mulheres negras. Por isso, fizemos questão de celebrá-la com uma programação de artistas pretas, em um espaço emblemático como o Theatro Municipal, trazendo artistas que nunca haviam sequer pisado na casa para assistir a um espetáculo e agora assumem o protagonismo do palco”, afirma a secretária de Cultura, Aline Torres, em nota.

“Também vamos levar programação para todos os cantos da cidade, fazendo uma grande festa em celebração à mulher negra, latina e caribenha”, afirma.

Antecedendo a apresentação do Samba das Moças, a abertura do evento acontece no Hall do espaço, às 19h, com uma apresentação da Comunidade Jongo Dito Ribeiro. Jongo é uma dança brasileira considerada a “mãe do samba”, praticada ao som de tambores. A performance é realizada por 11 integrantes, incluindo cantores, dançarinos e músicos com tambus (instrumento de percussão).

Samba das Moças

Onde: Theatro Municipal
Endereço: Praça Ramos de Azevedo, s/n – República – São Paulo
Quando: segunda-feira (25), às 20h
Classificação: Livre
Duração: 75 min
Ingressos: Gratuitos. Estarão disponíveis no site do Theatro a partir do dia 22, às 12h. Limite de 2 ingressos por pessoa
Cantoras: Grazzi Brasil, Gabby Moura e Bruna de Paula. Atriz convidada: Adriana Lessa. Bailarinas: Ágata Matos, Leilane Teles, Preta Kiran e Safira Sacramento. Direção Musical: Guilherme Terra. Coreografia: Rafael Machado. Direção-geral: Iléa Ferraz e Jô Santana.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários