Tiago Leifert afirma que ficou transtornado após ataques que recebeu

Ex-apresentador do “BBB” disse que sua religião e uma questão familiar particular, da qual ainda não está preparado para falar, foram usados contra ele.

No final da tarde desta segunda-feira, dia 27 de dezembro, o jornalista e apresentador Tiago Leifert, surpreendeu o público ao voltar a falar sobre a polêmica envolvendo o ator Ícaro Silva.

Foto: Reprodução Internet.

Após uma longa jornada na Globo, onde apresentou programas como BBB e The Voice, recentemente Tiago anunciou sua saída da emissora, mas fez questão de demonstrar sua gratidão por tudo o que conquistou através de seu trabalho.

Quando questionado sobre uma possível participação no Big Brother, Ícaro Silva expôs sua opinião sobre o programa, que definiu como “entretenimento medíocre”.

Assim como vários ex-BBBs e telespectadores, Tiago Leifert se pronunciou sobre o assunto através das redes sociais e afirmou que não gostou do posicionamento do ator.

VEJA TAMBÉM:

–> Tiago Leifert rebate Ícaro Silva após ator detonar o Big Brother Brasil

–> ‘Imagino que sapatênis seja confortável’, diz Ícaro Silva em carta para Leifert

–> Tiago Leifert deixa de seguir ex-BBBs que curtiram carta aberta de Ícaro Silva

Além de afirmar que a atração provavelmente ajudou a pagar o salário do ator, Leifert disse que ele deveria ser adulto e nunca mais aceitar trabalho de nenhuma empresa que promova o entretenimento que ele acha ruim.

Em resposta, Ícaro fez uma carta aberta para o ex-apresentador do BBB. Além de citar que Tiago nunca fez textão quando aconteceram casos de racismo, intolerância religiosa, misoginia, homofobia e abuso sexual no programa, ele destacou que o apresentador não paga seu salário: “Não tem como você estar pagando meu salário, Tiago. Não fossem meu talento, minha história, trajetória, uma luta filha da puta diária e essa cara bonita, eu acho que nem vivo estaria”.

O ator também foi apoiado por vários colegas do meio artístico, inclusive ex-participantes do Big Brother Brasil. O caso teve muita repercussão, ficou durante horas entre os mais comentados do Twitter e resultou em Tiago Leifert e ex-BBBs deixando de se seguirem nas redes sociais.

Último pronunciamento:

Já nesta segunda-feira (27), cinco dias após a resposta de Ícaro, Tiago publicou um vídeo onde faz um longo desabafo sobre o assunto. O próprio jornalista afirma que perdeu o time e esperou muito tempo para uma resposta, além de dizer que acredita inclusive que as pessoas já não aguentam mais falar sobre isso, mas logo justifica:

“É que esses últimos dias foram importantes para esfriar a temperatura e para eu me acalmar também porque eu achei que eu tinha escrito algo super óbvio, uma constatação simples até de como as coisas funcionam, mas o que eu disse foi jogado para um lugar que não é meu, não foi o que eu falei”.

“Eu fui atacado por causa da minha religião, fui atacado por causa da minha família e eu não fiz isso em nenhum momento. Eu não ataquei a família de ninguém, eu não ataquei a índole de ninguém… E por último nesse delírio que aconteceu nos últimos dias, no último parágrafo de uma carta escrita para mim, tripudiam, ironizam um problema pelo qual estou passando que nem eu estava preparado para falar”.

“Eu parei de enxergar tudo e eu fiquei muito transtornado com aquela última parte, então eu vou ignorar por agora”, esclareceu Leifert, antes de seguir com seu depoimento, ressaltando que não se trata de um vídeo de desculpas.

“Vamos voltar ao cerne da questão… ‘Provavelmente ajudamos a pagar o seu salário’, eu errei. Não é provavelmente, nós ajudamos a pagar o seu salário, o seu, o do Boninho, o meu, o do Luciano Huck, o do Mion, o de todo mundo ali. Assim como o trabalho de todo mundo da Globo, atores, atrizes, técnica, maquiagem, camareiros, figurino, comercial, jurídico ajudava a pagar o meu salário, porque eu saí”, afirmou.

“Eu não consigo ver onde está a ofensa numa constatação simples dessa, de saber que o nosso trabalho, todo mundo junto, um ajuda a pagar o salário do outro. Não consigo. Se pegar isso que eu falei e transformar em qualquer outra coisa, eu não vou acompanhar, eu não vou até lá porque não foi isso que eu falei”, defendeu Leifert.

Confira o vídeo:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários