Luísa Sonza se pronuncia após sofrer assalto em São Paulo

Cantora e amigos foram rendidos por bandidos enquanto saíam de uma farmácia.

luísa sonza
Foto: Reprodução Instagram

Luísa Sonza foi vítima de um assalto na noite da última terça-feira (12/10) enquanto fazia compras em uma farmácia de São Paulo. A cantora estava acompanhada de amigos e todos foram rendidos pelos bandidos. Os assaltantes levaram o celular de Luísa e outros pertences dos amigos da artista.

De acordo com Leo Dias, do site Metrópoles, Sonza estava com um segurança pessoal, que teve uma corrente arrancada pelos ladrões.

Na noite desta quarta-feira (13), Luísa Sonza usou sua conta no Twitter para confirmar o assaltado e tranquilizar os fãs. A cantora disse que está bem mas ainda não recuperou o celular e permanece sem.

VEJA TAMBÉM:

—> Luísa Sonza se pronuncia pela 1ª vez após deixar redes sociais: ‘Tive uma crise’

—> Luisa Sonza é afastada das redes sociais após ameaças de morte

—> Luísa Sonza lança álbum com músicas sobre fase difícil

Luísa também disse que os amigos que estavam com ela na hora do assalto estão bem e agradeceu a preocupação e carinho de todos.

“oi bbs, luísa aqui. Passando p avisar vcs q ta tudo bem! Eu e meus amigos estamos bem e ta tudo ok. Ainda to sem celular mas é isso. Obg por toda a preocupação e carinho s2”, escreveu.

ATAQUES NAS REDES SOCIAIS

Recentemente, Luísa Sonza precisou se afastar das redes sociais após sofrer ataques e ameaças de morte. A cantora passou a receber os ataques e ameaças nas internet após a morte do filho de Whindersson Nunes, em maio deste ano.

Luísa contou que os ataques começaram quando ela assumiu seu namoro com Whindersson Nunes, em 2016, mas que tudo piorou quando o casal anunciou a separação, em 2020.

“O caráter é sempre colocado em dúvida, principalmente o da mulher. Sempre senti isso, mas, obviamente depois do ano passado, da minha separação, as coisas se intensificaram”, contou Luísa.

Em maio deste ano, a cantora viveu um inferno após a morte do filho do humorista com a noiva, Maria Lina. O pequeno nasceu de 22 semanas e não resistiu.

Após o acontecimento, Luísa passou a ser ameaçada de morte nas redes sociais por internautas que a culparam pela morte do bebê.

A cantora precisou se afastar das redes, e só em agosto voltou a dar entrevistas e falar sobre o assunto.

“Não tenho palavras e ainda não sei lidar muito bem, conversar e dialogar de maneira madura sobre esse assunto, ainda mais falando para o Brasil inteiro. Agora eu vi que não estou preparada para essa conversa, enquanto estou aqui, conversando com você, fico pensando que as pessoas estão me xingando no Twitter. São vários gatilhos e muitas marcas que eu não sei quando vão passar”, revelou a cantora de apenas 23 anos.

Luísa classificou os ataques que recebeu com algo injustificável e contou que não podia andar na rua sem ser atacada.

“Uma agressividade injustificável, que realmente foge da minha realidade. Eu não considero que tenha sido apenas o hater de internet. Foi algo que eu não podia andar na rua”, revelou.

Com informações de Metrópoles

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários