Irmão de Dayane exige que ela assista as cenas com Nego do Borel

Funkeiro está sendo acusado de assédio nas redes sociais após acontecimento nesta madrugada.

nego e day
Foto: Reprodução Internet

Como já informamos anteriormente, Nego do Borel está sendo acusado nas redes sociais de cometer assédio contra Dayane após a festa deste sábado (18).

Agora, Juliano Mello, irmão de Dayanne, conversou com o UOL e revelou que está aguardando providências da Record após o corrido.

Ele disse ainda que se sente “impotente” diante da situação e que espera que a emissora deixe Dayane assistir as imagens para que ela tire suas conclusões sobre o que aconteceu entre ela e Nego.

VEJA TAMBÉM:

–> Duda Reis afirma que Nego do Borel foi indiciado por violência doméstica

–> Internautas pedem expulsão de Nego do Borel após assédio e surto

–> Primeira festa de ‘A Fazenda’: beijos, brigas, perda de dente e punição; entenda

“Vendo os vídeos, percebi que minha irmã estava bêbada e que, em alguns momentos, até faltava reação. Não quero acusar ninguém de um crime tão sério como esse. Nossa equipe entrou em contato com a emissora, entre outras providências que estão sendo tomadas, estamos aguardando um retorno”, disse.

Quero que a minha irmã analise as cenas para que seja tomada uma decisão justa. Acompanhando o programa hoje, no 24 horas, está claro que ela não se lembra de muita coisa da festa. Quero contar com o respaldo da emissora, que é uma emissora séria, que conta com patrocinadores sérios, e que não vão acobertar atitudes imorais e criminosas. No momento não posso dar mais informações por orientações que recebi, mas o que for preciso será feito”, completou.

Até o momento, a Record não se pronunciou sobre o assunto.

ENTENDA O QUE ACONTECEU

Na madrugada deste sábado (18), após serem mandados para baia, Nego do Borel e Dayane Mello, que haviam dado um selinho durante a festa, estavam deitados nas camas da baia, quando Nego começou tentar trocar carinhos com a modelo, que recusou.

Nego do Borel tentou se aproximar de Dayane Mello, que estava bêbada. Eles deram um selinho, mas na hora de aprofundar o beijo a modelo recuou. Em seguida, cantor tentou fazer carinho na cabeça dela, até que a modelo se afastou da mão dele e foi dormir.

A insistência de Nego do Borel revoltou diversos internautas estão dizendo que ele assediou Dayane porque ela estava muito bêbada. Por conta disso, hashtags pedindo sua expulsão começaram a viralizar nas redes sociais. Muitos internautas também estão pedindo a expulsão de Nego por causa do seu surto, que acabou assustando cavalo que convive com eles na baia.

As hashtags “Expulsão para o Nego do Borel” e “Assédio na Record” estão entre os assuntos mais comentados do Twitter neste sábado (18).

Em meio a tudo isso, a assessoria de imprensa de Nego do Borel usou o Instagram do cantor para postar um texto sobre ataques que ele vem recebendo.

“Aqui fora e dentro da “Fazenda” o cantor Nego do Borel vem sendo perseguido e julgado por acusações que ainda seguem em investigação. Grande parte delas, inclusive, já provadas a favor do cantor. E tudo isso em meio ao setembro amarelo, mês de prevenção e conscientização contra o suicídio.
Cerca de 12 mil suicídios são registrados todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo. E entre as principais doenças relacionadas ao motivos que levam ao suicídio está a depressão. Doença que afeta cada vez mais os internautas em meio a toda a toxidade deste grande tribunal que se tornou a internet. Precisamos aprender a não julgar sem provas. Estender mais as mãos no lugar de apontar tanto os dedos. Mais amor, por favor”.

Com informações de UOL

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários