Relembre os principais papéis de Tarcísio Meira

Ator, que marcou a história da televisão e estrelou tramas como “O Beijo Do Vampiro”, “Torre De Babel” e “O Rei Do Gado”, é mais uma vítima da Covid-19.

Beijo Do Vampiro
Foto: Reprodução Internet.

Tarcísio Meira e Glória Menezes formaram um dos casais mais famosos da televisão brasileira.

Casados desde 1962 e pais de Tarcísio Filho, que também é ator, os artistas recebiam diversos elogios pela relação de carinho e respeito tão duradoura.

Através do Instagram, o ator que tem 147 mil seguidores, se declarava para a esposa. Uma de suas últimas publicações foi feita no dia 1 de agosto.

Na foto, Glória Menezes aparece mostrando algumas mangas ainda no pé. Na legenda, Tarcísio chama a esposa de “moça linda e faceira das mangas”.

VEJA TAMBÉM:

—> URGENTE: Após complicações da COVID-19, morre Tarcísio Meira

—> Diagnosticados com Covid-19, Tarcísio Meira e Glória Menezes são internados

—> Tarcísio Meira segue intubado e Glória Menezes apresenta significativa melhora

Na última sexta-feira (6), o casal foi internado após ser diagnosticado com Covid-19. Glória Menezes apresentou sintomas mais leves e já respira sem a necessidade do oxigênio nasal.

Tarcísio Meira, que estava com 85 anos, foi transferido para a UTI e ficou intubado, chegando a passar por hemodiálise.

Tarcísio Meira, que estava com 85 anos, foi transferido para a UTI e ficou intubado, chegando a passar por hemodiálise.

De acordo com os boletins médicos de atualização sobre o estado de saúde dos dois, os médicos estavam esperançosos, mas nesta quinta-feira (12), o ator não resistiu.

Através das redes sociais, entre anônimos e famosos, diversos nomes deixaram suas homenagens para o ator que tem um currículo extenso e marcou a história da televisão com mais de 60 trabalhos.

Relembre alguns dos seus principais personagens:

João Coragem – “Irmãos Coragem” – 1970

Dom Pedro I – “Saramandaia” – 1976

Aristênio Catanduva – “Araponga” – 1990

Feliciano Mota da Costa – “Fera Ferida” – 1993

Raul Pelegrini – “Pátria Minha” – 1994

Giuseppe Berdinazzi – “O Rei do Gado” – 1996

César Toledo – “Torre de Babel” – 1998

João Medeiros – Um Anjo Caiu do Céu – 2001

Bóris Vladescu / Igor Pivomar – “O Beijo do Vampiro” – 2002

Frederico Copola – “A Favorita” – 2008

Jacinto de Sá Ribeiro – “Velho Chico” – 2016

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários