Luísa Sonza desabafa sobre ataques nas redes: ‘Me encontraram no chão do quarto’

Cantora falou sobre os ataques que recebeu na internet que fizeram com que ela se afastasse das redes e procurasse ajuda psicológica.

Luísa Sonza
Foto: Reprodução Internet

Luísa Sonza foi a convidada do programa “Encontro com Fátima Bernardes” desta quarta-feira (11).

A cantora falou sobre seu novo álbum, o “Doce 22”, e sobre os ataques e ameaças que sofreu na internet nos últimos meses, após a morte do filho de Whindersson Nunes.

Luísa contou que os ataques começaram quando ela assumiu seu namoro com Whindersson Nunes, em 2016, mas que tudo piorou quando o casal anunciou a separação, em 2020.

“O caráter é sempre colocado em dúvida, principalmente o da mulher. Sempre senti isso, mas, obviamente depois do ano passado, da minha separação, as coisas se intensificaram”, contou Luísa.

Em maio deste ano, a cantora viveu um inferno após a morte do filho do humorista com a noiva, Maria Lina. O pequeno nasceu de 22 semanas e não resistiu.

Após o acontecimento, Luísa passou a ser ameaçada de morte nas redes sociais por internautas que a culparam pela morte do bebê.

A cantora precisou se afastar das redes, e só agora, voltou a dar entrevistas e falar sobre o assunto, que ainda é muito difícil para ela.

“Não tenho palavras e ainda não sei lidar muito bem, conversar e dialogar de maneira madura sobre esse assunto, ainda mais falando para o Brasil inteiro. Agora eu vi que não estou preparada para essa conversa, enquanto estou aqui, conversando com você, fico pensando que as pessoas estão me xingando no Twitter. São vários gatilhos e muitas marcas que eu não sei quando vão passar”, revelou a cantora de apenas 23 anos.

VEJA TAMBÉM:

—> Luísa Sonza se pronuncia pela 1ª vez após deixar redes sociais: ‘Tive uma crise’

—> Luisa Sonza é afastada das redes sociais após ameaças de morte

—> Luísa Sonza lança álbum com músicas sobre fase difícil

Luísa classificou os ataques que recebeu com algo injustificável e contou que não podia andar na rua sem ser atacada.

“Uma agressividade injustificável, que realmente foge da minha realidade. Eu não considero que tenha sido apenas o hater de internet. Foi algo que eu não podia andar na rua”, revelou.

Em uma declaração forte e emocionante, Luísa falou sobre a importância da sua equipe, amigos e familiares.

“Quando eu fiz aquele desabafo na internet, me encontraram no chão do meu quarto, em posição fetal, eu já estava na minha última… graças a Deus eu tenho uma equipe que me ajuda e me levou ao psiquiatra, me deu remédio, suporte, tudo que precisava”, agradeceu.

“Vou parar de dizer que está tudo bem, que passei por tudo isso e estou ótima. Passei um mês longe, viajei e renovei? Não, as sequelas eu não sei até quando (…) tenho a sorte de ter muita gente perto de mim”.

Sobre a importância da internet em sua vida, Luísa Sonza disse que é algo muito conflitante. Por um lado, as redes sociais fizeram a cantora chegar aonde chegou, por outro, por causa das mesmas redes sociais, ela chegou “ao fundo do poço”.

“É extremamente conflitante para mim, porque falo: ‘odeio a Internet porque me faz muito mal’, só que, ao mesmo tempo, é um veículo tão benéfico, porque eu não teria outra maneira de chegar até aqui se não fosse pela Internet”, disse.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários