Justiça aceita denúncia e DJ Ivis se torna réu por agressões a Pamella Holanda

Artista foi acusado pelo Ministério Público do Ceará após Pamella divulgar vídeos em que aparece sendo espancada pelo DJ.

DJ Ivis
Foto: Reprodução Internet

Iverson de Sousa Araújo, o DJ Ivis, agora é réu por agressões contra a ex-mulher Pamella Holanda.

O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) informou que Iverso, tornou-se réu nesta segunda-feira (16), após ser aceita a denúncia ofertada pelo Ministério Público do Ceará (MPCE). Agora, o processo tramita na Vara Única Criminal do Eusébio.

O cantor foi indiciado pela Polícia Civil do Ceará no fim do mês de julho quando Pamella, sua ex-mulher, divulgou na internet vídeos em que aparece sendo espancada por Ivis.

Na mesma semana, ela prestou um boletim de ocorrência contra ele e detalhou os anos de violência física e psicológica que passou ao lado do DJ.

VEJA TAMBÉM:

–> Repercute vídeo que mostra DJ Ivis agredindo mulher na frente da filha

–> DJ Ivis é preso após agredir a mulher Pamella Holanda

–> Quem é Pamella Holanda, mulher que expôs DJ e mostrou a importância de denunciar

Também no fim de julho, DJ Ivis foi indiciado pela Polícia Civil do Ceará por três crimes. O artista irá responder por lesão corporal, ameaça e injúria.

Ivis foi preso no dia 14 de julho. Ele permanece detido em uma área de triagem no presídio Irmã Imelda Lima Pontes, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

AGRESSÃO

No dia 11 de julho, Pamella Holanda usou sua conta do Instagram para compartilhar vídeos em que aparece sendo espancada pelo DJ Ivis.

Pamella revelou que abriu um boletim de ocorrência contra o ex-marido no dia primeiro de julho, data em que aconteceram diversas agressões.

No dia, ela chamou a polícia após o músico a ameaçar com uma faca.

Na ocasião, os dois foram até a delegacia e prestaram um rápido depoimento.

Em diversas entrevistas, Pamella deu detalhes de como foi o relacionamento de dois anos com o DJ.

Ela contou que a primeira agressão aconteceu quando ela estava grávida de cinco meses da filha do casal, Mel.

A arquiteta disse que viveu um relacionamento repleto de agressões físicas, verbais e psicológicas e que tinha medo de denunciar.

“A primeira vez que ele me bateu foi quando eu estava grávida de cinco meses. Ele me pegou pelo pescoço e me arrastou pelo corredor que tinha no apartamento até o sofá, me jogando no sofá”, contou.

“Na cabeça dele era como se eu fosse um problema, um fardo. Eu não podia chegar e dizer que estava sentindo nada, e eu sentia muita coisa, afinal, estava longe da família, na pandemia, estava de quarentena desde o inicio da gravidez. Eu não tinha suporte dentro da casa dele, se eu chegasse para falar qualquer coisa era como se eu estivesse levando problemas para ele”, contou.

E continuou: “Ele vivia na linha tênue de explodir, eu vivia pisando em ovos porque a qualquer momento ele explodia, ele perdia a paciência muito fácil, não tinha paciência para nada”.

A influencer contou que recebeu conversas dele com outra mulher e foi questiona-lo, o que o deixou nervoso e fez com que ele a agredisse.

“Tentou me estrangular dentro do banheiro, me segurou com as duas mãos, me segurou contra a pia. Eu consegui sair e fui para o quarto, ele veio atrás e me deu vários murros nas costas, rasgou a blusa que eu tava usando”.

“No dia seguinte, eu falei que se ele continuasse com isso, ele seria preso. Ai ele foi até a cozinha, pegou uma faca e me ameaçou. Foi quando eu corri para casa da minha vizinha e liguei para a polícia”.

RELAÇÃO DE PAMELLA COM O DJ

Um mês após as denúncias de agressão de Pamella Holanda contra o ex-marido, o DJ Ivis, a arquiteta voltou a falar sobre o assunto durante uma entrevista à Rádio Jovem Pan.

Durante a conversa, Pamella falou sobre sua atual relação com o DJ e sobre o futuro dele com a filha dos dois, Mel, de apenas dez meses.

Ela ressaltou que seu casamento com o DJ Iivis terminou mas que a relação dele com a filha será pra sempre, e que resta a ele se dedicar a conquistar a pequena ou não.

“Ele é pai dela, e vai ser para o resto da vida. A minha história com o pai da minha filha acabou. Eu vivi uma história com ele, eu engravidei, vivemos juntos, fomos casados. Óbvio que tivemos momentos bons e tudo mais, mas acabou. Agora, a história dele com a filha dele, ele vai ter que ou construir ou reconstruir”, disse.

Durante a entrevista, Pamella falou que perdoou o DJ, mas, acima de tudo, se perdoou também.

“O perdão não é sobre ele, é sobre mim. Eu me perdoo também, por ter me colocado nessa situação e por ter me permitido viver tanto tempo assim”, disse.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários