Entrevista de Pamella Holanda ao ‘Fantástico’ repercute nas redes sociais

Ex-mulher do DJ Ivis detalhou como eram as agressões que aconteciam desde que ela estava grávida.

Pamella Holanda
Foto: Reprodução Globo

Neste domingo (18), o “Fantástico” exibiu uma entrevista exclusiva com Pamella Holanda, a ex-mulher do DJ Ivis, que provou, com vídeos, que o cantor a agredia constantemente.

O DJ Ivis está preso desde o dia 14 de julho. Nesta segunda-feira (19), o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) negou um habeas corpus impetrado pela defesa do cantor Iverson de Souza Araújo.

Durante a entrevista, bastante abalada e muito emocionada, Pamella contou que viveu um relacionamento repleto de agressões físicas, verbais e psicológicas ao lado do DJ.

Assim como já havia revelado em entrevista ao Metrópoles, a arquiteta voltou a afirmar que a primeira agressão aconteceu quando ela estava grávida de cinco meses da filha do casal, Mel.

“Eu estava grávida de cinco para seis meses. Me segurou pelo pescoço e foi me arrastando do corredor até o sofá”, contou. E continuou: “Quando comecei a morar com ele , ele já começou a me agredir. Começou verbalmente: palavrão, grosserias”.

VEJA TAMBÉM:

–> Repercute vídeo que mostra DJ Ivis agredindo mulher na frente da filha

–> DJ Ivis é preso após agredir a mulher Pamella Holanda

–> Quem é Pamella Holanda, mulher que expôs DJ e mostrou a importância de denunciar

Com o nascimento de Mel, em outubro, as agressões não pararam. Pelo contrário, segundo Pamella, Ivis se tornou ainda mais agressivo.

A última agressão, que aconteceu no dia primeiro de julho, foi a mais grave.

“Desci umas 10h, quase 11h para poder fazer o leite dela e já começou a discutir. A funcionária dele também estava na hora na cozinha. Foi na hora que ele pegou uma faca na gaveta da cozinha. A funcionária dele foi e segurou braço dele”, contou.

Foi nesse dia que Pamella, que estava sem celular, conseguiu pedir ajuda a uma vizinha. “Foi quando eu corri para casa da minha vizinha e liguei para a polícia”.

Nesse dia, os dois foram levados à delegacia e Pamella contou detalhes das agressões. No mesmo dia, ela conseguiu na justiça uma ordem para ele não se aproximar dela e da sua filha, mas Ivis negou as agressões e foi liberado.

Foi depois desse acontecimento, que Pamella resolveu compartilhar nas redes sociais os vídeos que mostram algumas das agressões.

Ela contou que tinha medo que as pessoas não acreditassem nela, por isso resolveu expor o ex-marido.

“Se fosse só a palavra dele contra a minha, ninguém ia acreditar em mim. Ele é famoso, é conhecido… Ninguém imaginava que era assim. Todo mundo se baseia a vida do outro nas redes sociais. Ele acabava de brigar comigo e saia por aí. Saía de casa fazendo stories”.

Muito emocionada, Pamella disse que ainda sente muito medo e não sabe como será sua vida daqui pra frente.

“Fico pensando, como vai ser minha vida quando eu voltar a viver, porque esses dias não estou vivendo, estou existindo”, relata Pamella.

Ivis exibia fotos íntimas de Pamella

Durante a entrevista ao “Fantástico”, Pamella contou que Ivis exibia fotos íntimas dela ao amigo Charles, quem o cantor considerava como “braço direito”.

É Charles que aparece sem fazer nada nos vídeos que mostram Ivis agredindo Pamella.

“A gente começou a discutir porque ele mostrou uma foto minha íntima para o Charles, para esse amigo dele. Eu pergunto o que é, volto pra cozinha e ele continua. Até a hora que eu vou e é a hora que ele me agride”, disse Pamella.

“Depois ainda ele me solta e eu ainda vou pra cima dele, mas ele se esquiva; depois, quando eu dou as costas, ele me dá um soco, me dá um chute, me deu um soco nas costas que eu caí no chão e fiquei sem conseguir respirar”, completou.

Justiça nega habeas corpus

Nesta segunda-feira (19), a justiça do Ceará negou o pedido da defesa de Ivis de habeas corpus.

Com isso, ele permanecerá detido no presídio Irmã Imelda Lima Pontes, na Região Metropolitana de Fortaleza, para onde foi transferido após audiência de custódia até o julgamento.

Após o julgamento, se ele for condenado por lesão corporal contra a ex-mulher, Pamella Holanda, a pena máxima é de três anos em regime aberto ou semiaberto.

Nesta segunda-feira (19), começou a circular nas redes sociais uma foto de Ivis preso com a cabeça raspada.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) do Ceará, o suspeito está detido em uma área de triagem no presídio. Ele está em uma situação especial de segurança para que seja garantida a integridade física dele, uma vez que o caso teve grande repercussão.

Repercussão

A entrevista de Pamella Holanda ao “Fantástico” gerou grande repercussão nas redes sociais. Internautas ficaram emocionados e chocados com tudo que a arquiteta viveu ao lado de Ivis.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários