Um mês sem Marília Mendonça: cantora ganha homenagens nas redes

Cantora morreu em um acidente aéreo há exatamente um mês.

30 dias se passaram após a morte de Marília Mendonça e a cantora não para de receber homenagens nas redes sociais. Neste domingo (05), diversos fãs e amigos usaram a web para relembrar Marília e fazer declarações para a mãe de Leo.

marília mendonça (2)
Foto: Reprodução Internet

“Um mês e ainda parece que é mentira”, escreveu uma fã. “30 dias sem a rainha aqui, eu não consigo me conformar”, disse outra. “Um mês sem Marilinha. E nada me faz acreditar”, escreveu um internauta. “”Falando em saudade” já faz um mês que sem você!”, escreveu outro internauta no Twitter.

Com tantas homenagens e lembranças, o nome da cantora ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter durante a manhã deste domingo (05).

VEJA TAMBÉM:

—> 1º show de Maiara e Maraisa após morte de Marília tem homenagem e choro

—> Murilo Huff, pai do filho de Marília Mendonça, se pronuncia após morte da artista

—> Filho de Marília Mendonça terá guarda compartilhada por desejo da cantora

Acidente de Marília Mendonça

No dia 5 de novembro, Marília Mendonça viajava para Caratinga, onde faria um show. Ela estava acompanhada do produtor Henrique Ribeiro e do seu tio e assessor, Abicieli Silveira Dias Filho.

Quando o avião estava se aproximando do aeroporto da cidade, ele sofreu algum problema, que está sendo investigado pelas autoridades, bateu em um cabo de energia e caiu sob uma cachoeira dentro de uma propriedade.

Marília, Henrique, Abicieli, o piloto e o copiloto morreram antes mesmo das equipes dos bombeiros e do SAMU chegarem ao local para o resgate.

Após quase três semanas do terrível acidente de avião que matou Marília Mendonça, o piloto, Geraldo Medeiros; o copiloto, Tarciso Viana; o produtor Henrique Ribeiro; e o tio e assessor de Marília, Abicieli Silveira Dias Filho, na Região do Vale do Rio Doce, a Polícia Civil de Minas Gerais confirmou que todos os tripulantes morreram de politraumatismo.

De acordo com o médico-legista Thales Bittencourt de Barcelos, que concedeu uma entrevista coletiva nesta quinta-feira, todos que estava no avião tiveram politraumatismo contuso no acidente. Isso indica que Marília e os tripulantes sofreram múltiplas lesões em órgãos vitais, o que pode indicar que a morte aconteceu instantaneamente após a queda da aeronave.

Sobre a queda do avião

A polícia agora trabalha com duas linhas de investigação para explicar a queda do avião. A primeira hipótese é a de que as linhas de distribuição de uma torre da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) teriam provocado o acidente.

A segunda hipótese é a possibilidade de pane nos motores, o que depende de investigação do Cenipa, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.

Politraumatismo

Politraumatismo é uma lesão grave de, pelo menos, dois órgãos ou duas partes distintas do corpo causadas por forças externas de natureza física (choque) ou química (queimadura).

Os politraumatismos podem incluir lesões cerebrais, fratura de ossos, lesões na coluna, hemorragias, perda de membros (amputações), queimaduras extensas, cegueira, perda auditiva e múltiplas fraturas ósseas.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários