Show do MC Poze do Rodo termina em briga generalizada e homem esfaqueado

Funkeiro se apresentou em Joinville, Santa Catarina, na noite desta sexta-feira (12).

Na noite desta sexta-feira (12), MC Poze do Rodo se apresentou em um show em Joinville, Santa Catarina. O evento terminou com uma grande briga generalizada, muita violência e um homem de 21 anos esfaqueado.

MC Poze
Foto: Reprodução Internet

Conforme a Polícia Militar, o jovem levou uma facada no peito quando tentava separar uma briga. Ele foi encaminhado para o Hospital São José e já foi liberado.

De acordo com as autoridades, a vítima da facada estava fortemente intoxicada e não conseguiu o ocorrido ou descrever o autor da facada.

O jovem esfaqueado prestou um boletim de ocorrência e agora a Polícia Civil irá investigar o caso junto com as imagens das câmera de segurança do show que aconteceu na casa de eventos Yelo Stage.

VEJA TAMBÉM:

–> MC Poze anuncia terceira gravidez, é criticado e desativa Twitter

–> MC Poze do Rodo é criticado após anunciar término com Vivianne Noronha

–> Briga entre Nego Di e MC Poze viraliza nas redes sociais

Após a confusão, a casa emitiu uma nota oficial que afirma que “enquanto cedente do espaço, cumpriu todos os protocolos de segurança – sanitária e civil, conforme o contrato. O evento é feito de pessoas e elas não são controláveis em sua totalidade. Lamentamos o ocorrido e esperamos que tudo se resolva da melhor maneira possível.”

Neste sábado (13), usuários do Twitter começaram a compartilhar vídeos da briga generalizada envolvendo dezenas de pessoas em um local fechado.

No fim de outubro, Mc Poze teve um show cancelado após ser ameaçado por traficantes. O evento “Baile do Embrasa” foi proibido pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia.

Após o artista receber ameaças de traficantes, a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) anunciou que o evento não poderia ser realizado.

Equipes de inteligência estão apurando a existência de uma rixa entre organizações criminosas e o cantor, além de um vídeo onde o artista aparece armado.

Histórico

A vida de MC Poze é cercada de polêmicas. Ele não esconde que já foi traficante entre os anos de 2015 e 2016, na comunidade onde nasceu. Ele vendia drogas, mas abandonou o tráfico quando a milícia invadiu a localidade.

Poze ficou muito famoso cantando músicas sobre a vida bandida, ao aparecer usando joias, ostentando dinheiro e mulheres.

Na faixa “A Cara do Crime – NÓS INCOMODA” o artista canta sobre a saudade dos amigos, aqueles que morreram e também os que estão presos. Ele cita a comunidade que nasceu, além de dizer que vai levar a “patricinha” para conhecer o local e falar sobre o tráfico.

Recentemente, o rapper Orochi foi impedido de cantar a faixa em um show que realizou na Baixada Santista, SP.

Na internet, circulam fotos, que também constam na investigação, em que ele aparece ostentando fuzis e até uma granada. Poze disse que as imagens são da época em que ele ainda era traficante.

Além do envolvimento com tráfico no passado, em março de 2020, MC Poze confirmou que recebeu R$ 20 mil para fazer o show no Jacarezinho, no Rio de Janeiro.

Houve troca de tiros no local, onde estavam pessoas armadas com fuzis. O artista afirmou que não sabia que o show seria para o tráfico de drogas, nem para a comemoração do aniversário de um criminoso.

Em setembro de 2019, o artista chegou a ser preso por apologia ao crime, corrupção de menores e tráfico de drogas durante um show financiado por uma organização criminosa.

Com informações de O Município

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários