Planos para funeral da rainha Elizabeth II são revelados

Com acesso a documentos que mostram protocolos para o anúncio, site revelou alguns detalhes; entenda.

Foto: Reprodução Internet.

Na última sexta-feira (03), o site Politico revelou alguns detalhes dos protocolos para o funeral da rainha Elizabeth II.

O portal teve acesso a documentos sobre os planos da família real britânica nos dias seguintes a morte da rainha, que atualmente está com 95 anos.

A operação foi batizada de London Bridge, que significa Ponte de Londres, e traz um passo a passo dos eventos reais e ações das grandes lideranças políticas.

Tudo será realizado nos dez primeiros dias após a morte da monarca, data que será chamada de “Dia D”.

VEJA TAMBÉM:

—> Rainha Elizabeth II e Joe Biden se encontram pela primeira vez em junho

—> Exposição exibe, pela primeira vez, o icônico vestido de noiva de Lady Di

—> Primeira foto de Kristen Stewart como Princesa Diana é divulgada

O falecimento será comunicado ao primeiro-ministro britânico por telefone. Em seguida, várias ligações serão disparadas para ministros e figuras políticas do primeiro escalão.

“Nós acabamos de ser informados da morte de Sua Majestade A Rainha” será a frase dita ao telefonema, o qual pedirá também a discrição de todos.

Após as principais lideranças políticas da Reino Unido receberem a informação, as bandeiras em Whitehall, Londres, serão postas a meio mastro. Sites ligados ao governo britânico apresentarão uma tela preta confirmando a morte, enquanto as contas em redes sociais governamentais só poderão realizar publicações com autorização do chefe de comunicação do país.

Para finalizar, seu filho e agora o principal membro da monarquia, Charles fará seu pronunciamento em rede nacional para falar sobre a morte da mãe, a rainha que é a dona do britânico trono desde 1952.

Já a “Operação Spring Tide”, estabelece como Charles irá ocupar o trono, trazendo inclusive detalhes específicos, como a potencial “ira” de parte da população caso Downing Street não consiga baixar as bandeiras a meio mastro em no máximo 10 minutos após o anúncio.

A matéria termina com a informação sobre a rainha Elizabeth II estar com uma “boa saúde” e que “nada sugere” que os planos foram revistos com alguma urgência”.

Com informações de G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários