Governo de São Paulo anuncia liberação de eventos

Museus e feiras corporativas também poderão funcionar seguindo os protocolos de segurança contra a Covid-19.

Foto: Reprodução Internet.

Na última quarta-feira (4), mesmo com o leve aumento dos casos de Covid-19 em São Paulo, as regras para eventos foram modificadas.

A partir do dia 17 de agosto os eventos sociais poderão acontecer.

Além disso, museus e feiras corporativas poderão funcionar.

As únicas restrições são o controle de público para que não exista aglomeração, além da necessidade de seguir os protocolos de segurança contra a Covid-19, como distanciamento social e uso de máscara e álcool em gel.

VEJA TAMBÉM:

—> Governo de São Paulo anuncia retomada de eventos

—> Lollapalooza anuncia datas para o festival no Brasil

—> Salvador terá evento-teste para 500 pessoas em julho

VEJA TAMBÉM:

A partir do próximo dia 17 as restrições de horário não serão necessárias para os estabelecimentos.

Já a partir do dia 1 de novembro, estarão liberados os eventos com público em pé, torcidas e pistas de dança.

Nesta data, 90% dos adultos já devem estar vacinados em São Paulo.

De acordo com informações divulgadas pelo G1, as mortes e internações por Covid-19 estão em queda, mas novos casos de contaminação pela doença foram registrados.

Mudanças

Em vários lugares do Brasil as restrições contra o coronavirus sofreram alterações, como é o caso de Santa Catarina, que liberou a realização de festas e cerimônias para mais de 500 pessoas.

Após a flexibilização, em Pernambuco os horários de funcionamento dos cinemas, teatros e museus foi ampliado.

Entre os grandes eventos, o Rock in Rio 2022 foi confirmado e ganhou datas oficias para a realização.

Em 2020 o festival de música foi cancelado devido à pandemia e agora deve ser realizado nos dias 02, 03, 04, 08, 09, 10 e 11 de setembro.

Coronavirus no Brasil

Mesmo com a estabilização nos casos, atualmente o país contabiliza 560 mil mortes pela doença.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários