Após rabiscar quadro, Carlinhos Maia é condenado a pagar R$ 30 mil

Influenciador digital foi duramente criticado nas redes sociais; entenda.

Foto: Reprodução Internet.

Em 2019, o influenciador digital Carlinhos Maia se envolveu em uma polêmica.

Quando estava hospedado em um hotel de Aracaju, ele rabiscou um quadro e foi duramente criticado.

Na época, o humorista fez uma brincadeira e gravou vídeos que foram disponibilizados através dos Stories no Instagram.

Após a repercussão da história, ele se pronunciou e disse que só fez isso com a autorização da proprietária do hotel.

VEJA TAMBÉM:

—> Marido de Scarlett Johansson confirma que ela está grávida

—> Chef Henrique Fogaça fala sobre importância da Cannabis no tratamento da filha

—> Cameron Diaz fala sobre os motivos para abandonar a carreira de atriz

Agora, o juiz Cristiano José Macedo Costa, da 11ª Vara Cível de Aracaju, condenou Carlinhos Maia a pagar R$ 30 mil por rabiscar o quadro da artista sergipana Lau Rocha.

Quando Carlinhos Maia estava na capital sergipana, ele se deparou com o quadro e disse que ficou assustado.

Durante a noite, ele viu a pintura de uma mulher sem rosto, pela manhã, colocou olhos e boca no quadro utilizando uma caneta.

Após ser criticado, Maia fez outros vídeos falando que teve autorização para rabiscar o quadro, mas de acordo com a decisão, o direito de modificação é uma prerrogativa exclusiva do autor da obra.

“Além da violação da honra, tem a questão do direito autoral. O juiz analisou o caso dentro dessa perspectiva”, disse o advogado da artista.

A proprietária do estabelecimento, também ré na ação, além da condenação pelo valor, deve devolver o quadro à artista.

Ainda cabe recurso sobre a ação e Calinhos Maia pode recorrer. De acordo com informações divulgadas pelo G1, o hotel optou por não se pronunciar sobre o assunto.

Até o momento o influenciador não falou nada sobre o caso e sua assessoria também não respondeu.

Com informações de G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários