Vida e obra de Frida Kahlo são recriadas em exposição digital

Momentos tristes da artista mexicana, como o acidente que ela sofreu e resultou em vários problemas de saúde, também são relembrados.

Foto: Reprodução Internet.

Na última terça-feira (6), a artista mexicana Frida Kahlo estaria completando 114 anos.

Para celebrar, uma exposição digital é realizada na Cidade do México.

“Frida, a experiência imersiva” traz 26 pinturas da artista, que faleceu em 1954.

As imagens, de algumas das pinturas mais famosas da artista, são projetadas em telões e cortinas, mescladas com música.

VEJA TAMBÉM:

—> Os principais museus brasileiros que voltaram a receber visitas presenciais

—> Exposição exibe, pela primeira vez, o icônico vestido de noiva de Lady Di

—> Frida Kahlo: 5 fatos que talvez você não saiba sobre a artista mexicana

De acordo com informações divulgadas pelo G1, a exposição inclui seus famosos autorretratos, em uma montagem tecnológica.

Mara de Anda, sobrinha bisneta da pintora, disse que um dos principais objetivos para a realização do evento é, além de mostrar as pituras da artista que estão expostas ao redor do mundo, dar a ela um pouco mais de familiaridade e intimidade.

“As duas Fridas” e “A coluna quebrada” foram algumas das telas escolhidas para estarem em exposição com um vídeo, música e elementos interativos.

Organizada pela família de Frida Kahlo em parceria com uma produtora mexicana a amostra deve ser levada a outros países, mas a data ainda não foi definida.

Além de suas obras, momentos marcantes e tristes da vida da artista também são relembrados na exposição. Assim como o acidente, que sofreu ainda muito jovem e resultou em diversos problemas de saúde.

De acordo com a organização, que também conta com Frida Hentschel Romeo, bisneta da artista, a intenção é sair do lugar-comum e apresentar algo diferente das exposições estáticas, onde as pessoas só observam quadros.

Poemas escritos e narrados em alto-falantes, peças musicais do México, assim como obras de outras artistas que se inspiraram em Kahlo, também fazem parte da mostra.

A exposição foi definida como: “uma forma de adentrar no mundo de Frida de uma maneira única.”

Com informações de G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários