Madonna presta apoio à Britney Spears: ‘Morte ao patriarcado ganancioso’

Rainha do pop usou suas redes sociais para protestar após justiça decidir que pai de Britney permanecerá como seu tutor.

Britney e Madonna
Foto: Reprodução Internet

Madonna, conhecida como a rainha do pop, usou suas redes sociais nesta sexta-feira (09) para manifestar apoio à Britney Spears, a princesa do pop.

A cantora protestou conta a decisão da justiça dos Estados Unidos que permite que o pai de Brtiney, Jamie Spears, permaneça como seu tutor.

Com uma foto em que aparece vestindo uma camiseta com o nome de Britney, Madonna escreveu: “Devolvam a vida dessa mulher. Escravidão foi abolida há muito tempo. Morte ao patriarcado ganancioso que tem feito isso com as mulheres por séculos. Isso é violação aos direitos humanos. Britney, nós vamos te tirar dessa prisão”.

Madonna manifesta apoio a Britney Spears: 'Vamos te tirar dessa prisão' — Foto: Reprodução/Instagram

O caso da tutela de Brtiney virou assunto no mundo desde que o documentário “Framing Britney Spears” revelou que a cantora vive há 12 anos sem poder administrar sua própria vida.

No dia 23 de junho, Britney participou de uma audiência judicial para pedir que a justiça encerrasse a tutela de seu pai sob sua vida.

Na ocasião, a cantora deu detalhes de como é viver sob tutela do pai e revelou que se sente uma “escrava”.

Britney disse que seu maior desejo é que a tutela termine, “sem que ela tenha que ser avaliada” e acrescentou: “Realmente acredito que essa tutela é abusiva”.

VEJA TAMBÉM:

—> Britney Spears desabafa em audiência de tutela: ‘Estou traumatizada’

—> ‘Framing Britney Spears’: 5 fatos chocantes que vimos no documentário da cantora

—> Justiça decide que pai de Britney Spears permanecerá com a tutela da artista

Em forma de desabafo, Britney disse que sempre mentiu ao dizer que está bem, feliz, realizada e plena. Na verdade, a realidade é bem diferente.

“Estou traumatizada. Não estou feliz, não consigo dormir”, afirmou Britney. “Só quero minha vida de volta”.

A celebridade deu detalhes de como é viver sob a proteção do pai e contou que quer ter mais um filho e não pode.

“Eu quero me casar e ter um filho. Eu queria remover o meu DIU para engravidar, mas o tutor não me deixa porque não querem que eu tenha um filho”, afirmou.

Para surpresa de todos, a cantora contou que foi forçada a fazer uma turnê em 2018, e obrigada a mudar sua medicação, entre uma longa lista de outras queixas que ela disse que a fizeram se “sentir uma escrava”.

Mesmo com todos os depoimentos chocantes, no dia 1 de julho, a justiça decidiu que pai de Britney Spears permanecerá com a tutela da artista.

No entanto, a decisão do Tribunal Superior de Los Angeles foi vinculada a um pedido apresentado em setembro pelo advogado de Spears.

De acordo com informações da CNN, o depoimento de Britney Spears da julho deste ano não foi levado em consideração.

Agora, uma nova audiência está marcada para o dia 14 de julho e o caso segue na justiça. Os desdobramentos do caso também não param de surpreender.

No último dia 6 de julho, Larry Rudolph, empresário de Britney Spears há mais de 26 anos, pediu demissão do cargo.

Através de uma carta, envida para James Spears e Jodi Montgomery, os responsáveis pela tutela da cantora, ele afirmou que já faz algum tempo que não conversa com Britney, mas que na época ela afirmou que sentia vontade de dar uma pausa na carreira.

Agora, ele ficou sabendo que a cantora “tem expressado sua intenção de se aposentar oficialmente”.

Larry afirma que não sabe nada sobre o caso da tutela de Britney, mas que para ele não faz sentido continuar um contrato quando seus serviços já não são mais necessários.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários