Justiça decide que pai de Britney Spears permanecerá com a tutela da artista

Jamie Spears tem controle das finanças e assuntos pessoais da cantora.

Justiça decide que pai de Britney Spears permanecerá com a tutela da artista
Foto: Reprodução Internet.

De acordo com informações divulgadas pela imprensa internacional nesta quinta-feira (1), a cantora Britney Spears teve seu pedido de retirada de tutela negado.

No último dia 23 de junho, a cantora promoveu comoção mundial ao falar sobre a situação que vive com seu pai.

Desde que passou a ter problemas com a saúde mental em 2008, a cantora viu sua vida pessoal e profissional ficar nas mãos de Jamie Spears.

No depoimento ela desabafou e disse estar traumatizada, além de se sentir como uma escrava.

VEJA TAMBÉM:

—> Britney Spears desabafa em audiência de tutela: ‘Estou traumatizada’

—> ‘Framing Britney Spears’: 5 fatos chocantes que vimos no documentário da cantora

—> Britney Spears lança nova música em parceria com Backstreet Boys

A cantora disse que não pode engravidar, pois foi obrigada a usar um DIU, assim como já teve que realizar uma turnê enquanto estava doente.

Mesmo após todo o relato e os protestos de fãs para que Britney Spears seja ouvida, um tribunal de Los Angeles negou o pedido da cantora.

No entanto, a decisão do Tribunal Superior de Los Angeles foi vinculada a um pedido apresentado em setembro pelo advogado de Spears. De acordo com informações da CNN, o depoimento de Britney Spears da semana passada não foi levado em consideração.

Além disso, Jamie Spears pediu ao tribunal para investigar as alegações de Britney sobre ela ser medicada com lítio e obrigada a se apresentar contra sua vontade.

Documentário

Após o lançamento do documentário sobre a história de Britney Spears o movimento #FreeBritney (Libertem Britney), ganhou ainda mais força.

Framing Britney Spears” está disponível no Globoplay e mostra fatos chocantes sobre a vida da artista.

Através de protestos nas redes sociais, anônimos e famosos demonstraram apoio a cantora.

Com informações de G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários