Ximbinha se pronuncia sobre suposta prisão por drogas

Notícias de que ele teria sido preso por drogas e porte de arma viralizaram nesta terça-feira (1º).

Ximbinha
Foto: Reprodução Internet

O guitarrista Ximbinha, ex-marido de Joelma, relatou ter sido vítima de uma fake news nesta terça-feira (1º), após viralizar uma notícia de que ele teria sido preso com armas de fogo e drogas em sua casa, em Belém.

O músico, de 47 anos, usou seu Instagram para negar a notícia. No vídeo, ele aparece deitado em uma rede, em casa, e debochou da situação.

“Recebi bastante ligação agora de uma notícias que não tem nada a ver. Estou aqui na minha rede, com a minha guitarra, compondo. Fiquei triste, mas uma notícia dessas dá até vontade de rir”, disse o músico.

As notícias falsas afirmavam que Ximbinha havia sido levado para a delegacia pela Polícia Militar, após uma quantidade indefinida de armas de fogo e drogas serem encontradas em sua casa, em Belém.

VEJA TAMBÉM:

—> Caio Castro e Rafa Kalimann se pronunciam após ‘cancelamento’ nas redes sociais

—> Patrícia Abravanel viraliza ao falar da polêmica com Caio Castro e Rafa Kalimann

—> Joelma surge ruiva e surpreende os fãs

Segundo a assessoria de imprensa do guitarrista, a confusão ocorreu após a polícia de Belém prender um traficante apelidado de Chimbinha (com ch).

O site Metrópoles, foi um dos que noticiou que Ximbinha havia sido preso. Após o artista esclarecer a fake news, o site se desculpou.

Cledivan Almeida Farias, mais conhecido como Ximbinha e, anteriormente, como Chimbinha, é um guitarrista, produtor, multi-instrumentista, empresário e compositor brasileiro.

Foi guitarrista e empresário da Banda Calypso na companhia de sua ex-mulher Joelma Mendes, de 1999 a 2015.

O casamento dos dois terminou em meio à polêmicas e acusações de traição por parte de Joelma, que nunca mais falou com o ex-marido.

Após o fim do casamento e da banda, Joelma seguiu em carreira solo. A cantora faz muito sucesso nas redes sociais e recentemente chocou os fãs ao aparecer com o cabelos ruivos.

Com informações de Metrópoles

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários