Lucas Lucco explica processo que recebeu por plágio

Cantor sertanejo pagará indenização, mas afirma que “Mozão”não é uma cópia de “Cuido de você, Você Cuida de mim”, de Gabriel Bandeiras.

Lucas Lucco
Foto: Reprodução Internet.

No último domingo, dia 13 de junho, o cantor sertanejo Lucas Lucco desabafou nos Stories do seu perfil no Instagram.

Ele disse que precisava dar uma justificativa aos fãs, pessoas que gostam do seu trabalho e o acompanham há tanto tempo, sobre ter perdido um processo por plágio.

Gabriel Bandeiras, que também é cantor sertanejo, acusa Lucas de ter criado a música “Mozão” copiando uma composição sua.

Entitulada “Cuido de Você, Você Cuida de Mim”, a faixa que está disponível no YouTube há 11 anos, seria a inspiração para um dos principais sucessos de Lucas Lucco.

VEJA TAMBÉM:

–> Samantha Schmütz recupera conta no Instagram e faz desabafo

–> Famosos incentivam o uso da máscara após fala de Bolsonaro

–> Roger, do Ultraje a Rigor, é condenado a pagar R$ 100 mil a Adriana Varejão

Através do Instagram, Lucas disse que nem conhecia a música de Gabriel, que ouviu recentemente após ler uma notícia sobre seu processo.

Ele afima que “Mozão”, música de 2014, foi escrita ainda bem no início de sua carreira. “Escrevi a música sozinho, em Goiânia”, afirmou.

“Faz anos que esse processo estava correndo e teve o veredito agora sobre o valor que vou te passar”, disse Lucas como se estivesse conversando com Gabriel.

Ele informou que vai pagar a indenização, mas sem informar qual o valor acertado.

“Tudo vai ser acertado, te desejo sucesso, e que essa grana possa vir como uma benção, mas essa é a justiça do homem, esse pagamento vai acontecer, mas no fundo do seu coração, você acha que eu tinha ouvido sua música? “, questionou.

Ele disse que o desabafo foi uma forma de conversar com as pessoas que gostam do seu trabalho, pois em alguns sites as matérias apontavam Gabriel Bandeiras como o verdadeiro dono da música “Mozão” e ele achou isso injusto.

Ouça as músicas envolvidas no caso:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários