Lígia Mendes pede demissão da RedeTV! após 2 meses no TV Fama

Júlio Rocha, que também apresentava o programa, pediu demissão há um mês.

Julio Rocha
Foto: Reprodução Internet

Depois de Júlio Rocha deixar o comando do TV Fama, da RedeTV!, mais um nome acaba de sair do programa e da emissora.

Lígia Mendes, que já era da casa e comandava o novo formato da atração, pediu demissão e deve finalizar seus trabalhos no comando do programa em breve.

Com a saída da apresentadora, o “novo TV Fama” segue apenas com Alinne Prado no comando. Nelson Rubens tem feito participações por chamada virtual. Agora, a RedeTV! busca um novo nome para apresentar o programa ao lado da apresentadora.

Para o colunista Leo Dias, do Metrópoles, Lígia confirmou que a decisão partiu dela. “Eu pedi para sair. O TV Fama é uma das maiores marcas da televisão brasileira, um case da RedeTV!, que precisa de mais carinho. Coleciono amigos na emissora e seguirá assim”, disse.

O “novo TV Fama” começou em abril, mas não tem agradado o público. Júlio Rocha foi bastante criticado pelos telespectadores e resolveu deixar o programa e a emissora.

VEJA TEMBÉM:

–> Júlio Rocha é dispensado do TV Fama após um mês no ar

–> Caio Castro nega informações sobre apresentar ‘A Fazenda’

–> Apresentador abandona programa ao vivo após criticar Meghan Markle

Logo no início do programa, Júlio e Lígia protagonizaram uma cena desconfortável durante o TV Fama, que viralizou nas redes sociais. O ator propôs que os apresentadores chamassem o intervalo de mãos dadas, mas Lígia negou, dizendo que estava lá para se comunicar com o público.

Inicialmente, Júlio Rocha pediu: “Vamos chamar o break juntos? De mãos dadas?”. Alinne não hesitou e deu a mão ao colega e estendeu a mão à Lígia, mas ela ignorou solenemente. “Eu não posso não. Isso é politicamente incorreto agora. Eu vou cumprir a minha obrigação e falar com você, que está do outro lado da tela. Enquanto querem dar as mãos, vamos fazer uma oração pra atrair boas energias pro programa, tá?”, ironizou ela.

Com informações de Metrópoles

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários