Gil e Lucas Penteado protagonizam campanha para o mês do orgulho LGBTQIA+

Ex-participantes do BBB21, eles utilizaram as redes sociais para falar sobre as críticas que receberam.

Foto: Reprodução Internet.

No último domingo, dia 6 de junho, a campanha da Casas Bahia em homenagem ao Mês do orgulho LGBTQIA+ estreou no comercial do Fantástico, na Globo.

Com Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, e Lucas Penteado, que protagonizaram o primeiro beijo entre dois homens da história do BBB, a marca fala sobre amor sem preconceitos.

Com o título “Se Você Pensa que Armário É Só para Guardar Coisas e Não Sentimentos, Você Não Está Sozinho”, casais aparecerem em um galpão repleto de armários, onde frases retiradas das redes sociais são projetadas.

A campanha traz como trilha sonora a música de Johnny Hooker e Liniker “Flutua”, que fala sobre dois homens que estão cansados de se esconder da sociedade.

VEJA TAMBÉM:

—> Especial da Globo vai abordar diversidade e luta contra homofobia

—> Patrícia Abravanel viraliza ao falar da polêmica com Caio Castro e Rafa Kalimann

—>  Tiago Abravanel se pronuncia sobre falas de Patrícia Abravanel no ‘Vem pra Cá’

Antes da estreia do comercial, existiam rumores sobre um projeto da marca para o Dia dos Namorados, informação que causou estranhamento entre os fãs de Gil.

De acordo com os internautas, não faz sentido os dois protagonizarem uma campanha para o Dia dos Namorados, já que Lucas não fazia mutirões para Gil no reality show e declarou que sua preferida para o grande prêmio era Juliette.

No Twitter, tanto Gil como Lucas se manifestaram sobre o assunto.

Gil procurou saber o motivo dos comentários entre os fãs e fez uma publicação para saber sobre o assunto. Em outra postagem ele escreveu:

“Tudo que eu queria era seguir feliz e me preparar para meu PhD. Todo dia tenho mais certeza que meu mundo não é esse aqui e sim dentro de uma sala de aula estudando. A felicidade não tem preço! Vem setembro, vem logo.”

“Vou falar.. Lucas tava nem aí pra vc quando saiu, ele é biscoiteiro, conveniente e interesseiro, não falou de vc e só falava e torcia para outros participantes. Não gostamos dele. Mas tá tudo bem, é só um aviso!”, foi uma da respostas que recebeu.

Lucas se defendeu: “Nas entrevistas questionavam se o beijo era real. Se o beijo era real? Entende o quanto isso é ofensivo, delicado, triste? Usei o Gil? Num país homofóbico, racista e machista, onde me ajudaria num reality um beijo gay? Não esqueçam que estão falando de sentimentos.”

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários