Chris Brown é investigado após nova denúncia por agressão

Ele já esteve preso por agredir a cantora Rihanna, sua então namorada.

Chris Brown
Foto: Reprodução Internet.

De acordo com informações do site TMZ, o cantor Chris Brown estaria sendo investigado por suspeita de agressão.

Uma mulher acusou o artista de dar um tapa em sua nuca.

A polícia recebeu um chamado na casa do cantor em San Fernando Valley, na Califórnia, no final de semana.

Um boletim de ocorrência de agressão foi aberto e o cantor será investigado sobre o caso.

VEJA TAMBÉM:

–> Tico Santa Cruz retruca posicionamento de Juliana Paes sobre o governo

–> Posicionamento de Anitta sobre as 500 mil mortes por coronavírus viraliza

–> Ivete Sangalo é criticada após falar sobre número de mortos durante a pandemia

Agressões

Essa não é a primeira vez que Chris Brown é acusado de agredir uma mulher. O artista chegou a ser preso após denúncias de sua ex-namorada, a cantora Rihanna, em 2009.

Na época, fotos da cantora com o rosto cheio de hematomas viralizaram nas redes sociais e circularam na mídia.

O cantor foi condenado a 180 dias de trabalho comunitário e a cinco anos de liberdade condicional.

Em 2014, ele violou a condicional e foi condenado a ficar 131 dias na cadeia. Em 2017, outra ex-namorada do rapper entrou com pedido de ordem restritiva contra ele.

A modelo Karrueche Tran disse que além de ser agredida pelo artista, também sofreu ameaça de morte.

Em 2018, mesmo ano que foi visto enforcando uma mulher em uma festa em Miami (EUA), Chris Brown foi processado por facilitar um abuso sexual em sua casa.

Já em 2019, ele foi preso mais uma vez, dessa vez em Paris. Uma jovem de 24 anos acusou o cantor por estupro.

Na ocasião, um amigo e o guarda-costas do cantor também foram detidos, mas o caso segue na Justiça.

Em todos os casos o artista alegou inocência.

Com informações de Notícias da TV e G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários