Tiago Leifert desabafa sobre final do BBB21

No “Conversa com Bial”, apresentador do BBB falou sobre como foi difícil comandar a final no dia da morte de Paulo Gustavo e da chacina na creche em SC.

Pedro Bial e Tiago Leifert
Foto: Reprodução Internet

Na noite desta sexta-feira (07), Tiago Leifert participou do programa “Conversa com Bial”, apresentado por Pedro Bial.

Pela primeira vez, Bial, que apresentou o Big Brother Brasil durante 16 anos, entrevistou seu sucessor, Tiago Leifert, que passou a comandar o BBB a partir da edição 17.

Durante a conversa de quase uma hora, os dois falaram sobre o sucesso e as dificuldades do Big Brother, reality show mais famoso do Brasil, no ar na Globo desde 2002.

Em certo momento, Tiago falou sobre a responsabilidade que sentiu ao receber a notícia da morte de Paulo Gustavo pouco antes de entrar no ar.

VEJA TAMBÉM:

–> BBB21: João Luiz recebe apoio após discurso sobre racismo no ‘Jogo da Discórdia’

–>  Polícia do Rio vai investigar Rodolffo por racismo no ‘BBB 21’

–> Fala de Tiago Leifert sobre racismo repercute na web

Bastante emocionado, o apresentador falou que além da morte de Paulo, a chacina em uma creche em Santa Catarina o impactou muito.

“Pelas notícias que estavam saindo naquele dia, eu já imaginava que isso pudesse acontecer [morte de Paulo]. Na verdade, no dia da final eu acordei cedo e fui olhar as notícias. Quando me deparei com a notícia da chacina na creche em Santa Catarina, isso me abalou muito, ainda eu, que sou pai. ‘Meu Deus, que dia péssimo para uma final’, eu pensei”, disse Tiago, chorando.

“Mas é aquela coisa, nessa hora a gente precisa deixar as emoções de lado. Os três finalistas estavam lá há 100 dias, eles mereciam meu comprometimento, meu bom humor”, continuou.

Tiago contou como conduziu o programa após a notícia da morte de Paulo: “Depois, quando recebemos a notícia da morte do Paulo eu pensei que era preciso contar isso para os finalistas, além de prestar uma homenagem”, disse.

“Eu não quis contar ao vivo. Esperei o intervalo, contei pra eles e aí eles tiveram uns 5, 6 minutos para absorver tudo. Eu disse que a pandemia estava pior, eles não sabiam”, contou.

Durante o programa da final do BBB21, Tiago Leifert contou aos finalistas Fiuk, Camilla de Lucas e Juliette sobre a morte de Paulo Gustavo de Covid-19.

Em seguida, Tiago usou o programa para agradecer a parceria com Paulo, que já havia participado de diversas edições do Big Brother Brasil, e desejou força para a família do ator.

Ao fim da entrevista, Pedro Bial perguntou por que Tiago se emocionou no fim do programa. O apresentador disse que foi um choro de alívio.

“Eu acho que eu choro porque a gente conseguiu, acho que é o mais importante. As inseguranças de fazer um Big Brother Brasil, que só você vai me entender, de você colocar 20 pessoas lá sem a menor ideia do que vai acontecer, sem ter a menor pista, de se jogar totalmente no escuro, no espaço, no vácuo, e conseguir entregar.”, desabafou.

“A equipe, todos eles ali têm família, têm filhos pequenos, como eu. A gente trabalhou ao todo 200 dias na pandemia.”

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários