George Clooney completa 60 anos nesta quinta-feira (06), relembre sua carreira

Ator, produtor, roteirista, diretor de cinema e televisão, e empresário, já atuou em mais de 40 filmes.

George Clooney
Foto: Reprodução Internet.

Nesta quinta-feira, dia 6 de maio, um dos grandes nomes do cinema está completando 60 anos.

George Timothy Clooney, que é ator, produtor, roteirista, diretor de cinema e televisão, além de empresário e filantrópico, marcou a história da televisão e cinema ao atuar em mais de 40 títulos.

Ele estreou no cinema em 1986, mas seu primeiro papel importante em Hollywood foi em “From Dusk till Dawn” – (Um Drink no Inferno), em 1996.

Além dos filmes, ele fez sucesso nas séries de televisão, como em ‘Plantão Médico’, onde interpretou o Doutor Doug Ross, e também em “The Facts of Life” e “Roseanne”.

VEJA TAMBÉM:

–> Penélope Cruz completa 47 anos; 10 curiosidades sobre a atriz

–> Do Rio de Janeiro para o mundo: Anitta completa 28 anos no auge da carreira

–> Emma Watson completa 31 anos nesta quinta-feira (15)

Filmes

George Clooney já atuou em mais de 40 títulos no cinema. Lançado em 2001, “Onze Homens e um Segredo” é um de seus filmes mais conhecidos, onde foi protagonista e atuou ao lado de Brad Pitt, Julia Roberts e Matt Damon.

No seu último filme o ator aparece irreconhecível. Em “O Céu da Meia-Noite”, da Netflix, longa que foi lançado em dezembro de 2020, George Clooney é um cientista e precisa impedir que astronautas voltem à Terra depois de uma catástrofe global.

Ele já interpretou o Batman, mas admitiu que se arrepende de seu papel em “Batman & Robin”, filme lançado em 1997, onde foi protagonista.

Em uma entrevista o ator explicou: “É tão ruim que me dói, fisicamente, assisti-lo. Quando eu estou mudando canais, se ele aparece na tela eu só fico ‘ai não, não!’ A real é que eu estava ruim. O roteiro é péssimo. Eu estou péssimo”.

Prêmios

George ganhou o Oscar duas vezes: Venceu como melhor ator coadjuvante por “Syriana” (2005) e melhor filme por “Argo” (2012), filme que ele produziu.

No Globo de Ouro ele foi premiado quatro vezes: Melhor Ator (Comédia/Musical) – “O Brother, Where Art Thou?”, 2001; Melhor Ator Coadjuvante – “Syriana”, 2006; Melhor Ator (Drama) – “The Descendants”, 2010 e Melhor Filme Dramático – “Argo”, 2013.

Em 2010 ele recebeu o prêmio Bob Hope, do Emmy, por seu trabalho de conscientização e esforços para levantar recursos para causas humanitárias.

Com informações de Quem.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários