Famosa na internet, foto da menina sorrindo em incêndio é vendida por US$ 473 mil

Foto de Zoe Roth foi tirada em 2005 e virou um dos memes mais conhecidos das redes sociais.

Foto: Reprodução Internet.

Difícil é encontrar alguém que nunca tenha visto a foto da garotinha com “cara de deboche” na frente de um incêndio.

A imagem viralizou nas redes sociais, tornando-se um dos memes mais conhecidos da internet. Tirada em 2005, a foto de Zoe Roth é utilizada até hoje para ilustrar as mais diversas situações.

De acordo com informações divulgadas pelo G1, a famosa foto foi vendida por US$ 473 mil (R$ 2,5 milhões). A própria Zoe, hoje com 21 anos, foi quem vendeu a imagem.

Recentemente, há cerca de um mês, o “Fantástico” produziu uma matéria sobre NFT (a sigla vem da expressão “token que não se consome com o primeiro uso” em inglês; na prática, é um selo de autenticidade digital que garante a propriedade de uma imagem, e faz do comprador o único dono da imagem).

VIU ISSO?

—> BBB: Juliette ganha a última prova do Líder

—> Após mudança no visual, Zac Efron é comparado a Eduardo Costa

—> Eduardo Costa apaga foto após virar meme e ser comparado com boneco Chucky

Com a internet e o avanço da tecnologia, o consumo de arte mudou, e não compramos apenas coisas que podemos tocar, ou expor em casa. As imagens que circulam na internet podem ter donos.

Diferente do que a maioria das pessoas pensa, a foto de uma garota que sorri, em primeiro plano, enquanto um prédio queima no fundo foi registrada pelo pai da menina em 2005.

Desde que a foto viralizou, existe a sugestão de que a própria garota foi a responsável pelo incêndio, mas isso não é verdade.

A menina e o pai estavam passeando pelo bairro da cidade de Mebane, no estado da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, quando o incêndio aconteceu.

O fogo foi provocado pelos próprios bombeiros em um incêndio controlado, para que eles pudessem treinar.

Depois de receber um telefonema, ela foi convencida de que a imagem poderia render uma boa quantia em dinheiro no mercado de NFTs. Roth decidiu transformar a foto de seu pai em um NFT e, junto com seu pai, procurou um agente especializado em pessoas cujas imagens foram usadas em memes e, depois, conseguiram dinheiro com a piada.

Confira a reportagem do Fantástico sobre NFT:

Com informações de G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários