No Rio de Janeiro, exposição conta história da amizade entre Calder e Miró

Através de obras de arte, o público poderá viajar no tempo na Casa Roberto Marinho.

Nesta semana, foi inaugurada, no Rio de Janeiro, uma exposição que conta através de obras de arte, a história de amizade entre os artistas Alexander Calder e Joan Miró.

Foto: Reprodução Internet.

Com o total de 150 peças entre pinturas, desenhos, gravuras, esculturas, móbiles, stabiles, maquetes, edições, fotografias, joias e têxteis (alguns inéditos no Brasil), a exposição ocupa os 1.200m² de área expositiva da Casa Roberto Marinho. Um jardim de cores mostra a genialidade de dois artistas que transformaram o lúdico em arte.

Joan Miró nasceu em Barcelona, na Espanha. É um dos maiores nomes da pintura surrealista do século XX. Alexander Calder é americano, escultor, famoso por seus móbiles. Eles poderiam nunca ter se encontrado, mas não foi isso que aconteceu.

“Miró conhece Calder em Paris dos anos 20 e, dessa época em diante, até a morte de Calder, estiveram juntos durante todo o tempo”, conta Max Perlingeiro, curador da exposição.

VEJA TAMBÉM:

—> Simone e Simaria anunciam fim da dupla: irmãs seguirão carreira solo

—> Fresno, Supercombo e Zimbra estão na programação do ‘Festival Polifonia’

—> Confira as novas atrações do Rock in Rio 2022

“É uma exposição que transmite energia e alegria. Além dela ser muito especial, porque são dois grandes artistas, eu acho que, no momento um pouco nebuloso que nós estamos vivendo, ela injeta felicidade e alegria”, afirma o diretor da Casa Roberto Marinho, Lauro Cavalcanti.

A maior parte das obras da exposição é de coleções particulares, por isso é uma chance única de apreciar poesia em forma de telas e esculturas.

Localizada aos pés da Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro, a Casa Roberto Marinho recebe visitantes de terça a domingo, de 12h às 18h, com entrada até 17h15.

Os ingressos custam: inteira R$ 10,00; Ingresso Família Válido aos domingos até 4 pessoas (1 inteira e 3 gratuidades) – R$ 10,00; Meia entrada R$ 5,00. Nas quartas a entrada é gratuita para todos os públicos.

A exposição “Calder + Miró” ficará em cartaz até o dia 20 de novembro.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários