Orquestra Sinfônica Brasileira se torna Patrimônio Cultural do Rio

Medida ressalta a importância do conjunto sinfônico mais tradicional do país. 

Cláudio Castro, governador do Rio de Janeiro, sancionou, nesta terça-feira (11), a lei que oficializa a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Rio de Janeiro.

OSB
Foto: Reprodução Internet

Em entrevista coletiva, o governador disse que a medida valoriza a história da Orquestra Sinfônica Brasileira e sua contribuição para a cultura.

“Reconhecer a Orquestra Sinfônica Brasileira como Patrimônio Cultural Imaterial é valorizar a sua história e contribuição para a cultura do nosso estado. Vida longa à OSB, que, ao longo desses anos, vem brindando a população com suas belas apresentações”, disse Cláudio Castro.

VEJA TAMBÉM:

–> Inhotim: Uma experiência única que mistura arte e natureza

–> Museus, teatros e cinemas voltam a funcionar em São Paulo

–> Os principais museus brasileiros que voltaram a receber visitas presenciais

A Orquestra Sinfônica Brasileira foi fundada em 1940 pelo mastro José Siqueira. Desde então, a OSB já realizou mais de 5 mil concertos no Brasil e em diversos países e sempre se destacou pelo seu pioneirismo.

Foi a primeira orquestra brasileira a realizar turnês pelo país e exterior, além de apresentações ao ar livre. Ao longo de sua trajetória, revelou grandes nomes, como os pianistas Nelson Freire e Arnaldo Cohen, e o violoncelista Antônio Meneses.

Durante 80 anos de atividades ininterruptas, a OSB se consolidou como um verdadeiro patrimônio brasileiro, revelando talentos, recebendo estrelas internacionais e promovendo o acesso à música de concerto em nosso país. 

Os espetáculos da OSB acontecem no Theatro Municipal, na Sala Cecília Meireles e no Teatro Riachuelo Rio. Em sua programação regular, apresentações especiais e projetos educativos, a Orquestra Sinfônica Brasileira continua a apostar em um amplo universo musical – da produção barroca aos compositores contemporâneos -, buscando continuamente a excelência de sua música e, por consequência, a concretização de seus objetivos sociais e educativos.

Nesta terça-feira (11), o Instagram oficial da OSB celebrou a notícia em suas redes sociais.

“Fica aqui nosso profundo agradecimento ao Governador Claudio Castro (@claudiocastrorj) e ao Deputado Marcio Pacheco (@marciopachecorj) e nossa promessa de seguir fazendo jus a este título que tanto nos honra”.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários