Wesley Safadão doará cachê de show para afetados pelas chuvas na Bahia

Mais de 430 mil pessoas foram atingidas e o artista afirmou que 100% do dinheiro será destinado para as vítimas.

Desde o início do mês de dezembro, famosos estão se manifestando através das redes sociais para conseguir doações para os afetados pelas fortes chuvas que atingiram a Bahia. Na manhã desta segunda-feira (27), Wesley Safadão afirmou que irá doar 100% do cachê do show que realizará no estado hoje.

Foto: Reprodução Internet.

De acordo com informações divulgadas pela Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), até o último domingo (26), mais de 430 mil pessoas foram afetadas pelas fortes chuvas que atingem o estado. Desse total, 16.001 estão desabrigados, 19.580 desalojados, dois desaparecidos e 18 mortos.

Vários vídeos, onde pessoas aparecem sendo resgatadas das casas que estão alagadas, viralizaram nas redes sociais nos últimos dias.

Safadão irá realizar um show em Barra Grande, em Maraú, no oeste do estado. Ele pediu reforçou o pedido de doações para seus seguidores, além de afirmar que é possível ajudar os baianos de diversas formas.
“Realmente é uma situação muito complicada. Você também pode fazer a sua parte, além de divulgar, lógico, da parte financeira, doando cobertores, alimentos, cestas básicas”, ressaltou.

VEJA TAMBÉM:

—> Após anunciar pausa, Whindersson Nunes vai leiloar peças marcantes da sua vida

—> Artistas se mobilizam para ajudar vítimas das enchentes na Bahia

—> Oxigênio para Manaus: Whindersson Nunes organiza mutirão de doação

O cantor João Gomes também falou sobre a situação com as enchentes, além de divulgar os vídeos e pedir doações, eles escreveu: “Quero doar parte do meu cachê dos shows que fiz na Bahia pra galera do Extremo sul. A gente viajou p aquelas estradas e foi chuva o tempo todo”

Segundo o governo da Bahia, cerca de 72 cidades estão em situação de emergência por causa das chuvas no sul do estado. Institutos de previsão do tempo dizem que o clima deve melhorar a partir de quarta. O governador Rui Costa prometeu reconstruir casas e comércios destruídos.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários