Ruy Ohtake, arquiteto e filho de Tomie Ohtake, morre aos 83 anos

Arquiteto desenhou mais de 300 obras construídas no Brasil e no exterior; confira algumas delas.

Morreu neste sábado (27), aos 83 anos, o arquiteto Ruy Ohtake em decorrência de uma mielodisplasia, um tipo de câncer de medula. Um velório fechado será realizado em sua residência, apenas para familiares. Em seguida, ele será cremado.

ruy othake
Foto: Reprodução Internet

Ruy, que era filho da artista plástica japonesa, naturalizada brasileira, Tomie Ohtake, seguiu os passos da mãe e deu nome a diversas obras ao longo da sua carreira. O arquiteto desenhou mais de 300 obras construídas no Brasil e no exterior.

Uma de suas obras mais famosas é o Hotel Unique, localizado na zona oeste de São Paulo. Com o formato de um grande barco, o Hotel Unique possui 24,952m² , e uma das vistas mais belas da cidade. Da cobertura dele, onde está implantado o Sky Bar, pode-se ver todos os prédios da Avenida Paulista.

hotel-unique1215
Foto: Reprodução Internet

VEJA TAMBÉM:

—> Quem foi Stephen Sondheim? Mestre de musicais da Broadway faleceu aos 91 anos

—> Chocados, famosos lamentam morte de Marília Mendonça nas redes

—> URGENTE: Marília Mendonça morre em acidente aéreo

Além do hotel, Ruy criou o Centro de Formação de Professores EducaMais Jacareí e o complexo cultural Praça das Artes Barueri Antônio Augusto de Moraes Liberato, que ainda em construção e homenageia o apresentador Gugu Liberato.

Outra das grandes obras assinadas por Ruy Ohtake é o projeto do conjunto habitacional em Heliópolis, na Zona Sul de São Paulo, que recebeu o apelido de “redondinhos”. São 19 edifícios residenciais cilíndricos com fachadas coloridas.

predio-centro-1
Foto: Reprodução Internet

A partir de 1970 os seus trabalhos começam a se diversificar, incluindo bancos, indústrias e órgãos públicos, como as centrais telefônicas da Companhia de Telecomunicações do Estado de São Paulo (COTESP), o Laboratório Telemétrico de Controle Ambiental da CETESB e a Agência Butantã do BANESPA.

Em Brasília, o arquiteto assina o Royal Tulip Alvorada, o Estádio do Bezerrão e o Brasília Shopping. No exterior, é ele o responsável pela Embaixada Brasileira em Tóquio, no Japão, e pelos jardins e pelo museu aberto da Organização dos Estados Americanos, nos Estados Unidos.

Ohtake ainda assina o projeto de adequação do Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi) para a Copa do Mundo de 2014 que foi realizada no Brasil. Inspirado no movimento brutalista, projetou a Casa brutalista, na década de 1970.

Nascido em São Paulo, Ruy é formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU). Ao longo de sua carreira, além das obras, ele também deu aulas na Faculdade de Arquitetura do Mackenzie, e na Universidade Católica de Santos, onde recebeu o título de professor emérito em 2007.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários