Vítima da Covid-19, Kleber, dupla sertaneja com Kaue, morre aos 37 anos

Fãs e amigos homenagearam o artista através das redes sociais.

Foto: Reprodução Internet.

Na última segunda-feira (5), o cantor sertanejo Kleber Oliveira, da dupla Kleber e Kaue, morreu no Hospital Estadual de Américo Brasiliense, em São Paulo.

O artista estava internado com Covid-19 e precisou de intubação desde maio.

Sua última publicação no Instagram foi feita em 4 de abril, ele postou um vídeo onde aparece cantando.

O sertanejo tinha apenas 37 anos e era de Araraquara (SP); a dupla Kleber e Kaue existia desde 2011 e suas músicas mais conhecidas eram: “Tô Vendo que Você Tá Bem”, “Troféu Solidão”, “Ela não é Você” e “Garrafa Vazia”.

VEJA TAMBÉM:

–> Aos 39 anos, morre filho de Chico Anysio e Regina Chaves

–> Famosos homenageiam o jornalista e escritor Artur Xexéo

–> Ana Maria Braga testa positivo para Covid-19 e agradece carinho dos fãs

Através dos comentários da última publicação de Kleber no Instagram, fãs, amigos e admiradores de seu trabalho deixaram mensagens relacionadas a morte do artista.

Através do perfil Galdencio Produções, empresa responsável pelo marketing da dupla, a confirmação da morte foi feita.

A equipe deixou os sentimentos aos amigos e familiares do artista. Nos comentários da publicação, vários internautas lamentaram a perda.

Kleber deixa esposa e filha. Ainda não há informações sobre velório ou sepultamento.

O músico e produtor Lucas Volpe, que formava dupla com Kleber assinando o nome artístico Kaue Tamburus, falou sobre a morte o amigo.

Em um texto publicado no Instagram, o artista afirmou que estava com esperança que ele saísse dessa situação e que iria realizar muitas coisas depois.

Ele disse que os dois se amaram, erraram, aprenderam e cresceram juntos. Além de afirmar que apostou em um sonho que era mais do amigo do que dele mesmo.

O cantor definiu sua dupla como “ótimo Marido e Pai… admirável”. “Obrigadooo, parceiro!”, escreveu Lucas após dizer que conseguiu dizer muitas coisas boas para o amigo ainda em vida.

Com informações de G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários