Irmã de Pedro Dom afirma que sua mãe não autorizou produção da série ‘Dom’

Lançamento do Amazon Prime Video conta a história de um dos assaltantes mais procurados do Rio de Janeiro.

Foto: Reprodução Internet.

Uma surpresa para o público! A série “Dom“, lançada no início do mês de junho, está sendo boicotada pela família de Pedro Dom.

A produção traz nomes como Flávio Tolezani e Gabriel Leone para contar a história do “bandido gato”, um dos assaltantes mais procurados do Rio de Janeiro.

Além de abordar o início do tráfico de drogas no Brasil, a série traz a história entre pai e filho.

Um policial que lutava desde a juventude pelo combate ao tráfico de drogas, e o filho, um chefe de quadrilha especializada em assaltar edifícios de luxo que era dependente químico.

VEJA TAMBÉM:

‘Dom’: nova série da Amazon Prime aborda o início do tráfico de drogas no Brasil

10 séries e documentários sobre crimes reais para ver no streaming

–> ‘O Caso Evandro’: Globoplay lança série sobre crime bárbaro

Lançada pelo Amazon Prime Video, a série tem como um dos objetivos mostrar a história do Brasil. A produção foi traduzida para vários idiomas e rendeu bons frutos.

“Dom” foi aprovada pelo público e chegou a ser renovada para a segunda temporada.

Em um vídeo publicado no dia 24 de junho através do Instagram da Amazon, os atores que fazem parte do elenco, além do diretor da série, comemoraram a renovação e afirmam que os trabalhos já iniciaram.

Reviravolta

No entanto, na última segunda-feira, dia 12 de julho, Erika Grandinetti, irmã mais velha de Pedro Machado Lomba Neto, o Pedro Dom, fez um desabafo através das redes sociais.

“A Mãe de Pedro Machado Lomba Neto, vem a público dizer que desde o início, por volta do ano 2006, NÃO DEU AUTORIZAÇÃO, NÃO CONCORDA com a produção da série Dom.”, escreveu em uma carta aberta que foi publicada no Instagram e também no Facebook.

Ela definiu a atitude como falta de humanidade, arrogância, prepotência, maldade e crueldade com sua mãe.

Erika afirmou que o filho de Pedro Dom, que atualmente tem 16 anos, está fazendo tratamento psiquiátrico para ansiedade e depressão, que a imprensa procura ele para entrevistas.

O texto é finalizado com a informação de que seu pai era uma pessoa violenta e que Pedro aprendeu a ser assim com ele.

Ela revelou que Luiz Victor Dantas Lomba, o ex-policial pai de Pedro Dom, nunca pagou pensão para os filhos. Sempre que ele se separava da mãe das crianças, era ela quem saia de casa com os dois filhos.

Erika afirma que ela e a mãe não tiveram acesso à produção da série, tudo correu em segredo. Além da existência de algum acordo financeiro feito com o filho de Pedro, ela acredita que o dinheiro que estão ganhando com a série não “passa nem perto” dele.

“MULHERES, cancelem essa porcaria! NÃO DEMANDEM a segunda temporada”, finaliza Erika, que ainda afirma que a série não fala nada de verdade. Para ela seria “tudinho para inglês ver.”

Até o momento, a Amazon não se pronunciou sobre o posicionamento da família de Pedro Dom.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários