Após referência na CPI da Covid, resposta de Mia Khalifa viraliza

Em tom de brincadeira, Randolfe Rodrigues sugeriu que a ex-atriz pornô seja convocada para depor.

Foto: Reprodução Internet.

Lembrada por internautas durante a CPI da Covid, a ex-atriz pornô Mia Khalifa surpreendeu o público e entrou na brincadeira utilizando o Twitter para interagir.

Em uma publicação na mesma rede social, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da comissão, sugeriu que “Mia estaria sendo usada como cortina de fumaça”, para tirar atenção da parte séria do caso.

Ela respondeu e afirmou: “Vocês estão em crise … estou a caminho”

Mia, que é natural do Líbano, fez a postagem em inglês e utilizou emojis de uma mala e um avião para ilustrar a publicação.

— > Frase de Gil do Vigor é citada durante CPI da Covid

— > Djavan declara que não votou em Bolsonaro e nem apoia seu governo

— > Posicionamento de Anitta sobre as 500 mil mortes por coronavírus viraliza

Nos comentários das publicações, os internautas deixaram registrado que acharam graça em toda a situação.

“Senador, em algum momento a situação deixará de ficar pior a cada dia?”, foi um dos questionamentos feitos.

A CPI da Covid é realizada para investigar os principais momentos críticos da pandemia. O nome de Mia Khalifa surgiu pela primeira vez após internautas interpretarem de forma errada uma fala do senador Luiz Carlos Heinze (Progressistas-RS).

Ele se referiu a uma pesquisa da revista científica The Lancet, retratada após falta de dados e reforçou durante a CPI que a pesquisa foi encomendada por uma empresa onde a dona seria uma atriz pornô, mas em nenhum momento fez referência a Mia Khalifa.

Após a repercussão do caso, o nome da atriz foi relacionada à CPI, e em tom de ironia, Randolfe Rodrigues “sugeriu” que ela fosse convocada para depor.

Em junho, Mia Khalifa já havia falado sobre o assunto. Através do Twitter, ela postou uma montagem simulando um depoimento na CPI.

“Uma mulher do povo”, escreveu na legenda.

Com informações de G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários