Morre Mabel Calzolari após enfrentar doença rara na medula

Atriz, de apenas 21 anos, era ex-mulher do também ator João Fernandes e deixa o filho Nicolas, de 1 ano e 11 meses.

Mabel
Foto: Reprodução Instagram

Morreu nesta terça-feira (22), a atriz Mabel Calzolari, de 21 anos. Mabel era ex-mulher do também ator João Fernandes e tinha um filho, Nicola, de 1 anos e 11 meses.

A artista enfrentava uma doença rara há dois anos, chamada de aracnoidite torácica, que comprime a medula. No caso de Mabel, a doença foi causada pela anestesia que ela tomou para realizar a cesárea: a anestesia raquidiana

20 dias após o parto, ela começou a sentir fortes dores nas costas, depois parou de sentir a pernas e de andar. Desde então, foram diversas cirurgias e um tratamento bastante invasivo.

A informação da morte de Mabel foi dada pelos pais da atriz em seu Instagram. Eles fizeram um lindo texto de despedida para a jovem.

VEJA TAMBÉM:

—>  Ana Maria Braga aparece com penteado inusitado e viraliza nas redes sociais

—> Luciano Huck confirma que vai substituir Faustão aos domingos

—> Ana Maria Braga recebe elogios ao aparecer de cabelo rosa

“Minha filha amada,

Venho aqui nas suas redes sociais me despedir de você, com uma foto que expressa muito bem quem você é.

Seu sorriso, sua beleza, sua força, sua energia, seu carisma, todo seu amor estão ai.

E não vão embora nunca. Você pode partir, pode ir pra junto de Deus. Mas o que você inspirou e transformou estarão aqui para sempre.

Com muita dor, informo a vocês que Mabel hoje teve morte cerebral.

Foi uma jornada de luta e sofrimento que se encerra hoje.

Agradecemos do fundo do coração todo o amor que minha filha recebeu aqui.

Com amor…”.

Também no Instagram, o ator João Fernandes publicou um texto de despedida para a jovem: ”Eu sempre enxerguei suas fraquezas, seus medos, mas ninguém nunca lutou tão bem contra eles quanto você. Você nunca chegou a ter a real noção do tamanho da sua grandeza e força”.

“Hoje eu perdi minha vizinha, minha amiga, inspiração, namorada, noiva, ex, amiga, parceira e mãe do meu filho. E o mundo ganha mais um capítulo sobre a história da mulher mais sinistra que eu já vi”.

João e Mabel ficaram juntos por cerca de 2 anos. Eles se separaram no ano passado.

O trabalho de maior destaque de Mabel Calzolari foi sua participação na novela “Orgulho e paixão”, da TV Globo, exibida em 2018 na faixa das seis.

Fernandes, por sua vez, esteve em “Malhação”, “Avenida Brasil”, “Cordel encantado” e “Caminho das Índias”.

DOENÇA

Em janeiro de 2020, meses após descobrir a doença, Mabel deu uma entrevista à revista Quem em que contou detalhes de como descobriu e dos sintomas.

A triz contou que precisou fazer um parto cesárea e foi submetida a uma anestesia raquidiana. “A cirurgia foi um sucesso. O Nicolas nasceu super bem. Mas tive cefaleia pós-raqui e, por conta disso, fiquei dois dias a mais na maternidade para fazer hidratação. Depois, quando tive alta e fui para casa, senti um pouco mais de dor de cabeça. Foram duas semanas de dor de cabeça”, contou.

No entanto, aproximadamente vinte dias depois do nascimento do bebê, Maria começou a sentir uma dor forte nas costas, bem perto do pulmão direito. “Era uma dor insuportável, como se estivesse parindo pelas costas. Fiquei com essa dor uma semana, com dificuldade para respirar, doía muito. Quando deitava dava um aliviada, então ficava mais deitada”, explicou.

A dor passou por um tempo, mas, dias depois, voltou com força total. Maria, então, decidiu ir a uma emergência médica.

“Doía tanto que quando cheguei no hospital precisei sentar numa cadeira de rodas porque não conseguia andar. Inicialmente, os médicos suspeitaram que eu estivesse com embolia pulmonar. Fiz os exames e não deu nada. Mas tive que ficar internada em observação. Passei a noite no hospital e tomei um remédio parecido com morfina para a dor”, afirmou.

No dia seguinte, Maria procurou um ortopedista por conta própria. “A médica me disse que a dor seria postural, algo muscular e me receitou uns remédios que me dopavam. Evitava tomar sempre, só tomava a noite, senão só dormia. Até que um dia, depois de mais ou menos um mês, a dor desapareceu. Acordei, não senti nada e vida que segue”, contou.

Embora a dor tenha passado, Maria começou a notar que estava esquisita, sem equilíbrio. “Sempre usei saltos muito altos, sou modelo também, e não estava conseguindo mais ter estabilidade com os sapatos. Não conseguia botar um pé na frente do outro ou levantar de um sofá, coisas simples. Também comecei a ter alterações de sensibilidade. E foi piorando a minha perda de equilíbrio”, contou.

A atriz lembrou que, um dia, ao cair, notou que havia perdido a sensibilidade nas pernas. “Bati a cabeca e o João trouxe um gelo. Mas não senti o gelo na minha perna. Então minha mãe pegou um alfinete e espetou em mim. Não senti. Também comecei a ter incontinência fecal e urinária”, acrescentou.

No Natal, Maria resolveu ir à emergência médica de novo. “Senti muita vontade de fazer xixi e não consegui controlar. Fiz nas calças e em quantidade abundante. Então fomos para o hospital, passei pela triagem, contei tudo o que estava sentindo, fiz várias ressonâncias, de cabeça e tórax, e foi constatada a aracnoidite torácica. Logo fui encaminhada para a UTI Neurológica”, afirmou.

Para reverter o quadro, Maria precisou passar por um procedimento cirúrgico que durou 10 horas. “Os neurocirurgiões foram muito sinceros comigo. Meu caso foi mandado para fora, para os EUA, sou o segundo caso de aracnoitide pós-raque no Brasil. E eles me disseram que eu teria que fazer uma cirurgia”, explicou.

“A preocupação era que eu pudesse ficar paraplégica ou tetraplégica porque a medula é muito sensível. Tinha risco de mexer e piorar”.

Eles tiraram os cistos e reverteram o meu quadro. Agora estou fazendo tratamento com corticóides, fisioterapia normal e fisioterapia pélvica, já que perdi a sensibilidade na região genital. Precisarei de acompanhamento para o resto da vida”, contou na época da entrevista.

TRATAMENTO

Desde que descobriu a doença, em 2019, Mabel usava seu Instagram para compartilhar detalhes do tratamento. Ao todos, foram 9 cirurgias.

No meio do tratamento, ela teve meningite, chegou a emagrecer e engordar muito por causa do uso contínuo de corticoides e mostrou todo o processo aos 53 mil seguidores.

Mesmo com todas as adversidades, Mabel mantinha o positivismo e lutou bravamente.


No início deste ano, alguns famosos chegaram a fazer uma vaquinha para custear o tratamento de Mabel.

Personalidades como Viviane Araujo, Giullia Buscacio, Talita Younan, Aline Dias e outros, compartilharam nas redes um pedido de ajuda para a atriz.

Quem começou a corrente do bem foi a também atriz Monique Curi, que gravou um vídeo explicando o caso de Mabel e criou uma vaquinha para arrecadar fundos para o tratamento da jovem.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários