Leonardo lembra os 23 anos da morte de Leandro: ‘Saudades imensas’

Cantor compartilhou nas redes sociais uma foto em que aparece ao lado do irmão e fez uma linda homenagem.

Leandro e Leonardo

O cantor Leonardo publicou em seu Instagram, nesta quarta-feira (23), uma foto em lembrança aos 23 anos da morte do irmão, Leandro. Na imagem, os dois aparecem andando de bicicleta. 

“Meu querido mano Leandro, 23 anos de sua partida e não há um só dia que eu não pense em você ! Saudades imensas”, escreveu o sertanejo na legenda. 

Leandro morreu no dia 23 de junho de 1998, aos 36 anos, em decorrência de um câncer raro no pulmão, dois meses depois de receber o diagnóstico. O cantor deixou quatro filhos: Lyandra Costa, Thiago Costa, Leandrinho e Leandro Gomes.

Os fãs aproveitaram o post de Leonardo para prestar sua homenagem.

“Pra sempre em nossos corações”, comentou um seguidor. “Eterna inspiração”, escreveu outro. “Nunca será esquecido”, postou um terceiro. “Uma das melhores duplas de todos os tempos 😢❤️”, disse um fã.

VEJA TAMBÉM:

—> Giulia Be chora após ser criticada por apresentação no ‘Encontro’

—> No Mês da Música Negra, instituição de Beyoncé homenageia Elza Soares

—> Beyoncé apoia campanha social para ajudar famílias brasileiras

Leandro & Leonardo 

Os irmãos formaram a dupla de música sertaneja Leandro & Leonardo em 1983 e tiveram muito sucesso nos anos 90. Eles chegaram a vender 17 milhões de discos e fizeram centenas de shows por todo o Brasil.

Entre as músicas mais conhecidas da dupla estão “Entre Tapas e Beijos”, “Desculpe, mas eu vou chorar”, “Não Aprendi A Dizer Adeus”, “Pende em Mim” e “Temporal de Amor”.

A dupla acabou no dia 23 de junho de 1998, quando Leandro morreu de falência múltipla de órgãos, em decorrência de um tipo raro de câncer no pulmão, chamado tumor de Askin.

Pouco tempo após a morte do cantor, o álbum “Um Sonhador” (de volume 12 da carreira da dupla) foi lançado, e no mesmo ano recebeu um disco de diamante.

Ainda nesse ano, lançaram o álbum infantil “Leandro & Leonardo Só Para Crianças”, com músicas infantis clássicas como “Noite Feliz” e “Se Essa Rua Fosse Minha.

Leonardo seguiu carreira solo após a morte do irmão. Em toda sua vida, o cantor vendeu 45 milhões de discos, sendo 30 milhões com seu irmão e 15 milhões solo e um deles está entre os 10 mais vendidos do Brasil.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários