Festival de cinema italiano terá início na primeira semana de novembro

Evento gratuito, que vai começar com o filme “Os irmãos de Filippo”, será realizado de forma presencial em 38 cidades e on-line para todo o país.

Na próxima quinta-feira, dia 3 de novembro, a abertura do FESTIVAL DE CINEMA ITALIANO NO BRASIL acontece no Auditório Ibirapuera, para convidados, e terá Mariana Ximenes como mestre de cerimônia, do evento que é uma iniciativa promovida pela Câmara de Comércio Italiana de São Paulo em colaboração com a Embaixada da Itália.

Foto: Divulgação.

Na abertura, será exibido o premiado I FRATELLI DE FILIPPO (Os Irmãos De Filippo), de Sergio Rubini, vencedor em 2022 do David di Donatello de melhor trilha sonora.

O longa traz Giancarlo Giannini, no elenco, no papel do famoso comediante Eduardo Scarpetta. A trama se passa na Nápoles do começo do século passado, e contra a história dos músicos da família De Filippo, que transformaram uma ferida pessoal em arte. A direção é de Sergio Rubini.

A edição 2022 do FESTIVAL DE CINEMA ITALIANO acontece entre 04 de novembro e 04 de dezembro de forma presencial e online, e exibirá, ao todo, 33 longas entre inéditos e a retrospectiva Musas do Cinema Italiano. As sessões on-line devem ser acessadas no site do próprio evento: https://festivalcinemaitaliano.com/

VEJA TAMBÉM

—> Baby do Brasil e Pepeu Gomes realizam show no Minascentro

—> Em comemoração aos 40 anos de Rock Nacional, Capital Inicial fará nova turnê

—> João Gomes e Tarcísio do Acordeon estão entre as atrações do ‘Pizro Recife 2022’

Neste ano, a versão presencial selecionada do Festival acontecerá em 49 salas em cerca de 38 cidades do país, e a versão completa de todos os filmes no streaming estará disponível em todo território nacional na plataforma acessada pelo site do Festival. As sessões, tanto presenciais quanto on-line, são gratuitas. E, como no ano passado, o filme mais assistido receberá o Prêmio Pirelli de Cinema Italiano.

O festival destaca o melhor do cinema italiano contemporâneo, com longas inéditos no Brasil, e que fizeram parte da seleção das principais mostras de cinema mundiais, exaltando a diversidade temática da cinematografia do país.

Mais informações sobre o festival podem ser consultadas através do site festivalcinemaitaliano.com/.

Confira as salas de cinema que participarão do evento:


Campinas (Auditório da ADunicamp – Associação dos Docentes da UNICAMP); Cuiabá (Cineteatro de Cuiabá, UFMT – Cineclube Coxiponês); Mococa (Cine Mococa – Cineclube Prof. Máximo Barro); Porto Velho (Cine Veneza, SESC Porto Velho); Rio Claro (Sala de Cinema da Sociedade Italiana de Beneficência de Rio Claro); Santos (Cine Arte Posto 4); São Paulo (Petras Belas Artes, Auditório Miro Noschese no Colégio Dante Alighieri, Teatro Italia no Circolo Italiano di San Paolo, CINUSP – O Cinema da USP), Barbacena (Cine Plaza); Belo Horizonte (Cinema Minas Tenis Clube, Palácio das Artes – Cine Humberto Mauro, UFMG – Auditório da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais); Jacutinga (Sala cinematográfica do Município); Juiz de Fora (Museu de Arte Murilo Mendes); Montes Claros (a definir); Nova Lima (Fondazione Torino – Auditório da Escola); São João del Rei (Centro Cultural Solar da Baronesa da UFSJ); Uberaba (a definir); Uberlândia (Cineteatro Nininha Rocha); Viçosa (Universidade Federal de Viçosa); Rio de Janeiro (UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Auditório Istituto Italiano di Cultura, Museu da Maré, Centro Cultural Banco do Brasil); Curitiba (Cineplex Batel); Joinville (Circolo Italiano di Joinville); Nova Veneza (Teatro Municipal de Nova Veneza); Fortaleza (Casa da Cultura da Universidade Federal do Ceará (UFCE)); Recife (Fundação Giacomo e Lucia Perrone, Teatro Fundação Joaquim Nabuco); Salvador (Sala Walter da Silveira); São Luís (Teatro SESC de São Luís); Anápolis (Auditório SESC); Belém (Cine SESC (Mostra Inéditos) e Cine Estação (Mostra Musas do Cinema Italiano)); Caldas Nova (Auditório SESC); Goiânia (Auditório SESC); Itumbiara (Auditório SESC); Jataí (Auditório SESC); Manaus (Cineteatro Guarany, Cinema do Centro Cultural Casarão de Ideias); Caxias do Sul (Universidade de Caxias do Sul); Porto Alegre (Cinemateca Capitólio, Cinemateca Paulo Amorim); e Santa Maria (Theatro Treze de Maio, CESMA – Cooperativa dos Estudantes de Santa Maria)

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários