Confira a dinâmica da prova dos homens realizada nesta segunda no Power Couple

No quebra-power, casais precisaram definir quem eram as duplas fortes e fracas.

Os maridos tinham 8 minutos para montar uma cadeira de balanço, seguindo o modelo que a esposa estava sentada. Elas testariam o objeto, que se aguentasse no final, eles venceriam a prova.

Foto: Reprodução Internet.

Com as apostas abertas Adriana deu 26 mil, e disse que sentiu vontade de 36. Andreia apostou 10 mil. Anne, deu 19 mil. Baroa deu 20 mil. Brenda ficou em 38 mil. Elisa deu 14 mil. Erika apostou 39 mil. Ivy apostou 25 mil. Michelli apostou 18 mil.

Cartolouco foi o primeiro a finalizar a prova. Anne e Pe Lanza conseguiram terminar a prova com um minuto de sobra. Hadballa não concluiu a prova e ficou feliz com a aposta baixa feita pela esposa.

Dinei também não conseguiu terminar a prova. Baronesa e Rogério conseguiram.

VEJA TAMBÉM:

—> Saiba detalhes do episódio de estreia do ‘Power Couple Brasil 6’

—> Provas, prêmios, brigas e dinheiro: confira o resumo da semana no ‘Power Couple’

—> ‘Power Couple’: Primeira formação de DR foi realizada nesta quarta-feira (11)

No quebra-power, os casais precisavam apontar as duplas fortes e fracas. O clima entre Brenda e Matheus e Eliza e Hadballa continua soltando faíscas na Mansão. Para Karol e Mussunzinho, Michelli e Passa são o casal forte. Enquanto Erika e Dinei são os fracos.

Luana e Hadad foram escolhidos como Casal Fraco por Michele e Bruno passa, mas fortes para Andreia e Nahim.

Brenda e Matheus rebateram o título de “casal fraco” dado por Nahim e Andreia.

Cartolouco e Albert Bressan também brigaram. Entretanto, a briga foi comprada pelo jornalista, que estava bêbado de vinho, em defesa do amigo João Hadad.

A princípio, Adryana Ribeiro e Albert apontaram Hadad e Luana Andrade como o “casal mais fraco” do confinamento. Em seguida, o assunto desdobrou para uma acusação.

Segundo Albert, João Hadad jogou cerveja nele de propósito durante a festa. Cartolouco entrou em cena para defender o amigo. Conforme o jornalista, o fato foi despretensioso, pois estavam dançando com o copo na mão.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários