Turnê de Vanessa da Mata será apresentada em Recife

Show de ‘Quando Deixamos Nossos Beijos na Esquina’ acontecerá no Teatro Guararapes, em Recife, no próximo sábado, (7).

Lançado em 31 de maio de 2019, o álbum “Quando Deixamos Nossos Beijos Na Esquina”, de Vanessa da Mata, traz em 10 faixas os gêneros R&B/Soul, MPB e Pop. Esse é o sétimo trabalho de estúdio da artista, que virou turnê e será apresentada no Teatro Guararapes, em Recife, no dia 7 de maio.

Foto: Reprodução Internet.

Com achados poéticos e melodias intuitivas, o disco é definido como o mais autoral como um todo. Neste projeto, a cantora se aventurou pela primeira vez como produtora musical, propondo arranjos diretamente aos músicos, criando a dinâmica sonora do álbum como captação de voz, mixagem, acentuando ou reduzindo as intenções dos instrumentos em função de cada canção.

A artista também assina a direção artística e a cenografia do espetáculo, que conta com a direção musical de Maurício Pacheco e figurino do atelier Apartamento 03. No palco com Vanessa: Maurício Pacheco (guitarra e violão), Ruvicio Santos (bateria), Rodrigo Braga (teclado e baixo) e Gil Miranda (vocais).

O repertório do show é composto pelo primeiro single: “Só Você e Eu”, além de “Nossa Geração”, “Vá Com Deus”, “Dance Um Reggae Comigo”, “Tenha Dó de Mim” (part. Baco Exú do Blues), e “Hoje Eu Sei”, “Quando Deixamos Nossos Beijos Na Esquina”, e muitas outras.

VEJA TAMBÉM:

—> Projeto ‘Indigo Borboleta Anil’, de Liniker, será apresentado no Teatro Guaíra

—> Espaço das Américas receberá show de Caetano Veloso com a turnê ‘Meu Coco’

—> Pitty e Nando Reis são atrações do Espaço Leste neste sábado (30)

Vanessa da Mata afirmou que seu disco trata de histórias de todos nós, todos lutando pela sobrevivência de seus próprios sentimentos no dia a dia, através de músicas leves e curtas. “O pop romântico, a brasilidade, a canção, o reggae californiano, os ritmos dançantes. Fiz questão de juntá-los sem distinção. Intelectuais e populares”, definiu a artista.

Grandes hits de Vanessa, que consagraram a artista como uma das maiores estrelas do mercado fonográfico brasileiro, também foram inseridas na programação. Entre eles: “Ai, Ai, Ai”, “Amado”, “Caixinha de Música”, “Gente Feliz”, “Boa Sorte/Good Luck”, “Não Me Deixe Só”, “Ainda Bem”, entre outras.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários