Felipe Neto diz que segue como ‘morto’ para o Ministério da Saúde

Influencer teve seus dados hackeados em outubro do ano passado.

Felipe Neto usou suas redes sociais nesta sexta-feira (25) para reclamar que seus dados no CadSUS – o banco de dados do Ministério da Saúde, continuam errados. Em outubro de 2021, seus dados foram hackeados e no cadastro o youtuber é dado como morto.

Artista desmaiou no veículo que transportava sua equipe e utilizou as redes sociais para explicar, além de agradecer o carinho dos fãs; entenda.
Foto: Reprodução Internet

“Parabéns Ministério da Saúde. Meu registro continua informando que estou MORTO no sistema. Não resolvem nada, tudo arreganhado pra hackers, uma zona e zero preocupação em resolver. Resumo da gestão Bolsonaro em tudo. “, escreveu nos stories.

Print dos dados de Felipe Neto no Conecte SUS: dado como morto por hackers — Foto: Reprodução/Redes sociais
Foto: Reprodução Instagram

VEJA TAMBÉM:

—> Após Felipe Neto preocupar fãs, Bruna Gomes confirma fim do relacionamento

—> Felipe Neto nega participação na próxima edição do Big Brother Brasil

—> Com depressão, Felipe Neto faz forte desabafo nas redes sociais

Felipe Neto não foi o único influenciador digital que teve seus dados hackeados. Outros influencers tiveram o mesmo problema no ano passado com dados pessoais alterados no banco de dados do Ministério da Saúde, do Governo Federal.

Na época, Felipe Castanhari e sua namorada, Nyvi Estephan, também denunciaram que seus cadastros no Sistema Único de Saúde foram modificados. Castanhari contou que trocaram seus dados pessoais por xingamentos e palavras pejorativas.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários