Djonga afirma que deu um murro na cara de um segurança após sofrer racismo

Video do momento da agressão, que aconteceu durante jogo no Mineirão, viralizou nas redes sociais e o rapper se justificou.

Nesta segunda-feira, (13), o nome do rapper Djonga ficou em primeiro lugar entre os assuntos mais comentados do Twitter. Um vídeo viralizou nas redes sociais e dividiu opiniões entre os internautas.

Foto: Reprodução Internet.

O rapper Djonga se envolveu em mais uma polêmica. No último domingo (12), durante o jogo entre Atlético-MG e Athlético-PR, no Mineirão, o artista agrediu dois seguranças.

Através das redes sociais, ele afirmou que foi vítima de racismo. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), um segurança de 38 anos contou que, ao passar de um setor para outro, viu uma confusão envolvendo outros colegas. Algumas pessoas tentavam passar uma barreira instalada, conhecida como “triagem”, e nesse momento, Djonga teria agredido os seguranças com socos e pontapés.

Todos os envolvidos foram encaminhados à delegacia dentro do estádio. Através da assessoria, o estádio lamentou o ocorrido:

VEJA TAMBÉM:

–> Confira a lista de indicados ao Globo de Ouro 2022

–> ‘Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore’ ganha primeiro teaser; veja!

–> Filme mais caro da história da Netflix estreia nesta sexta-feira (12)

“O boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de plantão, localizada no próprio estádio. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. O Mineirão lamenta e repudia qualquer ato de violência, e está à disposição das autoridades para colaborar com as investigações”, disse a administração do estádio.

A Polícia Civil afirmou que o músico “foi encaminhado à Delegacia de Eventos, onde foi ouvido pela autoridade policial e, em seguida, assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por lesão corporal leve e, em seguida, liberado. O procedimento foi encaminhado à Justiça para as providências cabíveis”.

Além de utilizar o Stories do Instagram para falar sobre o caso, afirmando que poderia ficar horas explicando que ainda ia gerar um debate gigante.

No Twitter, o rapper escreveu: “Sobre Racismo, Discriminação, Pessoas Invasivas, não se prova e não se explica, alguns vão acreditar outros não, a maioria das vezes passa batido, dessa vez reagi um soco perdi a cabeça mesmo. . .o vídeo é um trecho do que rolou, o resto tá guardado na memória. . .fiz tá feito !”.

Confira o vídeo que está circulando nas redes socias:

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários