Queda do Instagram, WhatsApp e Facebook gera memes no Twitter

Twitter, que não foi comprada por Mark Zuckerberg, é uma das únicas redes que não apresentou problemas nesta segunda-feira (04).

whatsapp
Foto: Reprodução Twitter

Mais uma queda no Instagram, WhatsApp e Facebook para a conta de Mark Zuckerberg. As três redes sociais saíram do ar no fim da manhã e tarde desta segunda-feira (04).

O site Downdetector, que monitora reclamações sobre serviços da internet, registrava um pico de queixas por volta das 12h50. As redes sociais só voltaram a funcionar perto das 19h00.

O assunto viralizou no Twitter, uma das únicas redes sociais que não foi comprada por Mark Zuckerberg, e consequentemente, não apresentou problemas nesta segunda-feira (04).

VEJA TAMBÉM:

–> Virou rotina? Instagram enfrenta falhas mais uma vez

–> WhatsApp e Instagram podem ser vendidos; entenda

–> Instagram experimenta recurso que permite publicar posts pelo computador

Internautas aproveitaram a queda nas outras redes sociais para compartilhar memes engraçados sobre a situação. Com isso, o WhatsApp está entre os assuntos mais comentados do Twitter, com mais de 2 milhões de menções. O nome do CEO do Facebook também aparece nos trending topics.

Há ainda postagens com as palavras-chave Telegram e Gmail e o extinto Orkut, plataforma que fez sucesso antes do Facebook.

Confira os memes:

VIROU ROTINA

Há um mês, no dia 4 de setembro, o Instagram teve uma queda no mundo todo. Além do aplicativo para iOS e Android, o site do Instagram para web também apresentou lentidão. Inclusive, para algumas pessoas, aparecia a mensagem “Algo está errado. Estamos trabalhando para corrigir o problema assim que possível”, dizia a página.

Antes disso, no dia 2 de agosto a rede social novamente apresentou instabilidade.

Como sempre, os usuários foram expor a situação no Twitter que como todos sabem, exibe suas informações publicamente, sem que seja necessário um login. Com isso, o nome da rede foi levado aos assuntos mais comentados do país.

Na ocasião, o Downdetector mostrou um pico de 453 notificações às 17h39. A queda significativa do gráfico ocorreu por volta das 19h09. Entre as questões mais relatadas estão “falha geral”, “compartilhamento” e “upload”.

Pelo site, conhecido por mapear instabilidades em serviços mundo afora, é possível conferir também o histórico de “quedas” da rede social. Em julho, por exemplo, o Instagram saiu do ar três vezes. Em junho foram sete momentos de falhas relatadas ou instabilidade geral.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários