URGENTE: Morre Charlie Watts, baterista do Rolling Stones

Charlie Watts morreu aos 80 anos na manhã desta terça-feira (24). Artistas se despedem do músico; confira.

Charlie Watts
(Foto: Divulgação)

Morreu, na manhã desta terça-feira (24), Charlie Watts, baterista do Rolling Stones, aos 80 anos.

A informação foi confirmada por Bernard Doherty, agente do músico, em comunicado para a imprensa britânica.

“É com imensa tristeza que anunciamos a morte de nosso amado Charlie Watts”, escreveu o agente do músico. Segundo informações do jornal Daily Mail, Watts morreu no hospital de Londres e estava cercado por sua família.

O artista entrou para os Rolling Stones em janeiro de 1963. Ao lado dos icônicos Mick Jagger e Keith Richards, Watts estava entre os membros mais antigos dos Stones. A banda passou por algumas mudanças em sua formação ao longo dos anos, mas ele sempre foi o baterista.

Charlie passou por um procedimento cirúrgico recentemente. Sem dar detalhes sobre a cirurgia, na época, seu representante informou que ela foi “completamente bem-sucedida”, mas revelou que o músico ficaria de fora da turnê da banda, prevista para começar em 26 de setembro.

VEJA TAMBÉM:

—> Kiss remarca shows no Brasil; confira as datas

—> Baterista dos Rolling Stones passa por cirurgia e não participa de turnê

—> Paul McCartney completa 79 anos nesta sexta-feira (18)

Há alguns meses, o músico deu uma entrevista e falou sobre seu estado de saúde: “Pela primeira vez, meu ritmo tem estado um pouco estranho. Tenho trabalhado duro para estar completamente bem, mas hoje eu devo aceitar os conselhos dos especialistas que isso demorar mais um pouco”.

E falou que chamou Steve Jordan para substitui-lo na turnê: “Depois de todo o sofrimento causado pela Covid, eu realmente não quero desapontar os fãs do Stones que já estão com seus ingressos com mais um anúncio de adiamento ou cancelamento. Por isso, pedi para meu grande amigo Steve Jordan para me substituir.”

Steve Jordan já havia substituído Charlie em 2004, enquanto o baterista fazia um tratamento contra o câncer.

FAMOSOS SE DESPEDEM DE CHARLIE WATTS

Após o anúncio da morte do músico, diversos artistas têm usado as redes sociais para escrever homenagens e se despedir do colega e amigo.

Paul McCartney disse que Charlie era “um cara amável” e contou que se surpreendeu com a notícia da morte do amigo.

“Tão triste ouvir que o Charlie Watts, baterista dos Stones, morreu. Ele era um cara amável. Eu sabia que ele estava doente, mas não sabia que estava tão doente. Então muito amor para sua família, esposa e amigos e família estendida. E condolências para os Stones, foi um golpe enorme para eles, porque Charlie era uma rocha, um baterista fantástico, firme como uma rocha. Então, nós vamos sempre te amar, Charlie, um homem lindo. E muitas condolências para a família”, escreveu no Twitter.

Ringo Star compartilhou uma foto ao lado do amigo e escreveu: “Deus abençoe Charlie Watts, nós vamos sentir sua falta, cara, paz e amor para a família. Ringo”.

Elton John disse que hoje é um dia muito triste para o mundo: “Um dia muito triste. Charlie Watts foi o baterista perfeito. O homem mais estiloso, e uma companhia brilhante. Minhas profundas condolências a Shirley, Seraphina e Charlotte. E, é claro, aos Rolling Stones”.

John Mayer também fez uma homenagem ao baterista: “Economia de movimentos, resumo do ‘cool” Descanse em paz, Charlie Watts”.

“A batida dos Stones. Não há palavras, todos os grooves falam por si mesmos”, escreveu Lenny Kravitz em seu Twitter.

“Vi os Rolling Stones pela primeira vez em 1966 em Bay Area e sou um fã desde então. Charlie Watts foi um dos grandes bateristas e vamos sentir sua falta. Descanse em paz, Charlie”, escreveu John Fogerty.

David Coverdale disse: “Um homem ótimo e talentoso… Ancorando uma das melhores bandas de rock da história… Mais uma alma linda… Obrigado, Charlie”.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários