MAC celebra 25 anos com seminário de arte e cultura LGBTQIA+

Entrada será gratuita durante todo o mês de setembro no Museu de Arte Contemporânea de Niterói – MAC; confira a programação completa!

MAC
Foto: Reprodução Internet

O Museu de Arte Contemporânea de Niterói – MAC, completa 25 anos de vida no mês de setembro e prepara diversas novidades para os visitantes.

A administração do museu, que é considerado um ícone da arquitetura mundial, está com foco na diversidade e vai promover um seminário de arte e cultura LGBTQIA+.

Também estarão abertas ao público cinco exposições e a instalação de um monumento, que devem ocupar salas, a rampa e o pátio. A entrada será gratuita durante todo o mês de setembro.

A grande arquitetura de Oscar Niemeyer, localizada em Boa Viagem, Niterói, Rio de Janeiro, estará com as portas abertas a partir do dia 8 de setembro.

Ao longo da visita, será possível conhecer a história do MAC, através de documentos, publicações e imagens. Também será exposto o livro de ouro do museu, que guarda depoimentos e assinaturas de grandes personalidades já passaram por lá como Chico Buarque, Caetano Veloso, Fidel Castro, David Bowie, José Saramago e Juliete Binoche.

VEJA TAMBÉM:

–> Museu da Rádio Nacional é inaugurado no Rio de Janeiro

–> Museus, teatros e cinemas voltam a funcionar em São Paulo

–> Os principais museus brasileiros que voltaram a receber visitas presenciais

Confira a programação de aniversário do MAC:

Exposição ‘90/25’ — São diversas exposições para os visitantes. No salão principal estará a exposição “Ícones e arquétipos”, com obras de Oscar Metsavaht sobre os 90 anos do Cristo Redentor. Na varanda do museu estarão obras da coleção Sattamini do MAC e outras de Metsavath. Já no mezanino, ficará a exposição “A materialização do invisível”, com obras da coleção Sattamini. A curadoria é de Marcus Lontra.

‘Transeuntis mundi’ — Obra da artista transmídia, pesquisadora e musicista brasileira Cândida Borges e do artista colombiano e escritor Gabriel Mario Vélez.

‘Samba exaltação’ — Trabalhos em néon produzidos pelo artista Felippe Moraes desde 2019. Com citações de compositores como Caetano Veloso, Paulinho da Viola e Nelson Sargento sobre a falta do carnaval e sobre a pandemia.

‘Monumento 25 anos’— Obra criada Allegretti que será vista de todos os ambientes do museu.

‘MAC Origens’— A mostra reconstitui a história do MAC, com imagens, documentos e publicações.

‘Cia de Ballet‘ — Nos dias 11 e 12, a Cia de Ballet levará a dança contemporânea para o interior do museu, em uma apresentação inédita criada para os 25 anos.

‘Basta ter princípios’ — No dia 20, haverá a atividade de arte e cultura urbana “Basta ter princípios”, com transmissão nas redes; e, no dia 23, o “Seminário de arte e cultura LGBT”.

Com informações de O Globo

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários