Teatros da Broadway reabrem com exigências; entenda

Reabertura dos 41 teatros está marcada para setembro.

Broadway
Foto: Reprodução Internet

Os teatros da Broadway reabrirão em setembro. Para isso, a plateia é obrigada a comparecer de máscara e apresentar a carteira de vacinação.

Além disso, crianças com menos de 12 anos não poderão comparecer aos teatros, já que elas ainda não podem ser imunizadas contra o coronavírus.

Os clientes também precisam apresentar provas de um teste PCR negativo contra a Covid-19 feito nas 72 horas anteriores ao show começar, ou teste antígeno negativo de seis horas antes do início.

VEJA TAMBÉM:

–> Teatros da Broadway só voltam a abrir em 2021

–> ‘Teatro Vivo em Casa’ ganha mais uma temporada de peças online

–> Maitê Proença apresenta monólogo sobre sua história de vida

Não serão só os clientes que precisarão seguir as novas exigências. De acordo com comunicado da Broadway, todos os 41 teatros da Broadway exigirão documentação de vacinação completa dos artistas e funcionários.

“Os proprietários e operadores de todos os 41 teatros da Broadway na cidade de Nova York anunciaram uma política de vacinação e máscara para o público em vigor até 31 de outubro de 2021”, diz o anúncio feito no Instagram.

Os teatros da Broadway ficaram 16 meses fechados por conta da pandemia do coronavírus. A nova política ficará em vigor em outubro.

As regras poderão ser revisadas em novembro, ‘se a ciência mandar’, informou a Broadway League em um comunicado.

Quando os teatros foram fechados, em 2020, trinta e um espetáculos da Broadway estavam em produção.

Agora, ainda não se sabe se a Organização retomará os espetáculos que precisaram ser cancelados, ou reabrirá com novidades.

Com a disseminação da variante Delta nos Estados Unidos, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças do país recomendou, esta semana, que a população volte a usar máscaras em locais fechados, mesmo quem já foi vacinado.

Na quinta-feira (29/7), o presidente americano, Joe Biden, pediu a todos os funcionários federais que se vacinem, ou usem máscaras e apresentem teste negativo para covid-19.

Com informações de G1

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários