Dulce Maria lança nova música e fala sobre série da Netflix

Artista contou, em primeira mão, como foi se preparar para viver Victoria enquanto estava grávida na vida real.

Dulce Maria
Foto: Reprodução Internet

Dulce Maria concedeu uma coletiva de imprensa a jornalistas brasileiros na noite desta quinta-feira (08) e o “Minha Cultura” esteve presente.

A cantora e atriz falou sobre diversos assuntos, entre eles, sua nova música, sua carreira como atriz e sua vida como mamãe de primeira viagem.

“Amigos com Derechos” será lançada nesta sexta-feira (09) e promete agradar os fãs da cantora mexicana.

De acordo com Dulce Maria, a música foi escrita há 7 anos em parceria com a compositora Marcela De La Garza. A canção fala sobre dois amigos que se gostam mas um deles não assume o relacionamento.

“É uma situação típica, que todos já vivemos. Quando temos uma pessoa que aparece às vezes, e pensamos que vai funcionar, depois vemos que não, um dia ela te procura, outro dia não, e quando te procura você sempre cede. Mas não vou estar sempre à disposição quando quiser, é algo que todo mundo já passou”.

VEJA TAMBÉM:

–> Dulce Maria lança nova música e posta vídeo nostálgico no Instagram

–> Vitor Kley anuncia projeto voltado para a música infantil

–> Dennis DJ anuncia gravação do DVD que vai misturar sertanejo, forró e pisadinha

Nós, do Minha Cultura, estivemos presentes na coletiva de imprensa de Dulce e contamos para vocês, em primeira mão, os principais temas abordados pela estrela.

Além da carreira musical, Dulce também está atuando como atriz. A ex-RBD faz parte do elenco da série “Falsa Identidad”, da Netflix, que estreou sua segunda temporada em abril deste ano.

Enquanto gravava cenas da segunda temporada, Dulce recebeu a notícia de que estava grávida da sua primeira filha, Maria Paula. A pequena nasceu em dezembro.

Na sua primeira gravidez, a cantora e atriz precisou encarar os desafios de trabalhar em meio à pandemia.

Durante a coletiva de imprensa, perguntamos à Dulce como foi a preparação para viver Victoria, na série da Netflix.

A cantora e atriz disse que a personagem foge muito da sua realidade e que ela precisou de aulas de tiro e treinamento com coach para protagonizar Victoria, uma advogada especialista em direitos humanos.

“Precisei fazer um treinamento com armas para aprender a atirar, e outras coisas mais. Também participei de ensaios com coach para formar, construir o personagem, para entender e encontrar o que eu iria ser. Fiz ensaios com os outros atores também”, contou.

“Cada personagem é um trabalho interno, para poder chegar às emoções do personagem foi um trabalho intenso, com coach e diretores”.

Sobre o sucesso da série Dulce disse: “Estou muito contente com todo o resultado da série “Falsa Identidad” que está indo super bem em muitos países”.

Ela falou sobre as dificuldades que enfrentou durante as gravações: “Foi um esforço muito grande, a gravação foi durante a pandemia e eu estava grávida. Então, ver o reconhecimento das pessoas é maravilhoso. Além disso, é uma série com grandes atores e uma ótima equipe de produção”.

Sobre a possibilidade de atuar em outras séries, Dulce disse que agora está se dedicando a maternidade: “Gostaria de seguir outros projetos, mas agora estou redescobrindo minha vida. Sou uma mãe que eu não conhecia, estou me descobrindo”.

Dulce falou também sobre uma possível parceria com Anitta: “Eu amo o Brasil e adoro a Anitta. Já estive com ela algumas vezes e foi muito bom. No momento, não temos nada em vista, mas estaria sempre disposta para fazer algo com ela em algum momento”.

Sobre sua rotina como mãe, ela disse que é tudo muito novo e trabalhoso: “É difícil ser mãe. É algo muito cansativo, mas descobrir tudo isso é lindo. É um milagre o que estou vivendo. É muito bonito, mas me demanda muito. Enquanto isso, minha filha está conhecendo o mundo, encontrando seu espaço”.

Por fim, a cantora não deixou de declarar seu amor pelos fãs brasileiros e contou o que mais gosta no Brasil.

“Amo os fãs brasileiros! Mas também amo a comida brasileira, o pão de queijo, o Guaraná, açaí, picanha, café, as paisagens, a energia única que tem no Brasil e as pessoas, que são apaixonantes”.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários