Seu Jorge perde processo e deve pagar indenização à família de Mário Lago

Cantor usou trecho de uma das músicas do compositor, sem autorização.

Foto: Reprodução Internet.

De acordo com informações divulgadas pelo G1 na última segunda-feira (31), o cantor e compositor Seu Jorge, além da Universal Music e a produtora Cafuné Produções, foram condenados a pagar R$ 500 mil de indenização à família de Mário Lago.

A decisão da 29ª Vara Cível do Rio de Janeiro foi divulgada na última sexta-feira, dia 28 de maio.

A música “Mania de Peitão”, lançada em 2004 no álbum “Cru”, que também aparece nos DVDs “Seu Jorge” e Live in Montreux”, traz trechos da música “Ai que saudades da Amélia”, composta por Mário Lago e musicada por Ataulfo Alves.

Os envolvidos também foram condenados a pagar 50% dos direitos autorais da música, arrecadados no período de 2004 a 2006.

VEJA TAMBÉM:

—> Marcelo Adnet entra com queixa-crime contra Mario Frias por difamação e injúria

—> Felipe Neto é acusado por crime de corrupção de menores

—> Carlos Bolsonaro processa Bruna Marquezine e Felipe Neto

O processo foi movido pela família de Lago em 2007. O cantor, a gravadora e a produtora foram condenados em 2019, mas a sentença foi anulada em março deste ano e passou por um novo julgamento.

O cantor, que ainda pode recorrer, até o momento não se pronunciou sobre o assunto.

Sobre os artistas

Mario Lago era advogado, poeta, radialista, compositor e também ator. Natural do Rio de Janeiro, ele faleceu aos 90 anos.

Ficou conhecido nacionalmente entre as décadas de 1940 e 1950 por suas composições, principalmente os sambas populares “Ai! que saudade da Amélia” e “Atire a primeira pedra”.

Seu Jorge é ator, cantor e compositor, que se identifica principalmente com os gêneros MPB e samba. Carioca, atualmente ele está com 50 anos.

Conhecido principalmente por músicas como: “Tive Razão”, “Amiga Da Minha Mulher”, “Quem Não Quer Sou Eu” e “Burguesinha”.

Já fez parte do elenco de vários filmes: “Soundtrack “, “Pixinguinha: Um Homem Carinhoso”, “Paraíso Perdido’, “Marighella” e “Irmandade”.

Relembre as músicas:

Com informações de G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários