10 filmes e séries para assistir no mês do Orgulho LGBTQIA+

São histórias incríveis que abordam a temática com sensibilidade, respeito, conscientização e muito amor.

Garota Dinamarquesa
Foto: Reprodução Internet

Em junho, o mundo todo celebra o Orgulho LGBTQIA+. É o mês em que o movimento vai às ruas para conscientizar a população, comemoraras vitórias, lutar contra a homofobia e reivindicar os direitos.

Já no dia 28 de junho, é comemorado o Dia do Orgulho LGBT. A data foi criada no fim dos anos 1960, após uma revolta que aconteceu em Nova York, quando a polícia invadiu bares gays da cidade, como Stonewall, provocando uma onda de violência numa cidade marcada pelo preconceito.

VEJA TAMBÉM:

-–> Confira 10 filmes com Helen McCrory

—> Dia da Mentira: relembre filmes com mentirosos para assistir neste 1º de abril

—> Amy Winehouse terá novo documentário dez anos após sua morte

A conscientização sobre o tema também pode ser vista na indústria cinematográfica. Hoje, inúmeros filmes, séries de televisão, documentários e reality shows abordam a questão LGBT, e alguns deles podem ser conferidos nas plataformas de streaming.

Selecionamos 10 destas produções para você assistir durante o mês do Orgulho LGBTQIA+. Confira a seguir:

Moonlight

Foto: Reprodução Internet

O vencedor do Oscar de Melhor Filme de 2017, acompanha a vida de Chiron, um jovem negro que vive em uma comunidade de Miami. Depois de sofrer muito bullying na infância, ele enfrenta uma crise de identidade na adolescência, até acabar conhecendo o universo do tráfico de drogas e outros crimes. [Disponível para aluguel no YouTube]

Carol

Crítica | Carol - Plano Crítico
Foto: Reprodução Internet

Therese Belivet tem um emprego entediante em uma loja de departamentos. Um dia, ela conhece Carol, uma elegante e misteriosa cliente. Rapidamente, as duas mulheres desenvolvem um vínculo amoroso que terá consequências sérias. [Disponível no Amazon Prime Video]

A Garota Dinamarquesa

Luiz, Câmera, Ação: A Garota Dinamarquesa – Culturaliza BH
Foto: Reprodução Internet

Na Copenhague de 1926, os artistas Einar e Gerda Wegener se casam. Gerda então decide vestir Einar de mulher para pintá-lo. Einar começa a mudar sua aparência, transformando-se em uma mulher, e passa a se chamar de Lili Elbe. Com o apoio, ainda que conturbado, da esposa, um Einar deprimido passa por uma das primeiras cirurgias de mudança de sexo da história para tentar se transformar por completo em Lili e recuperar o gosto pela vida. [Disponível na Netflix]

Me Chame Pelo Seu Nome

Sony divulga cartaz nacional e o primeiro trailer de Me Chame Pelo Seu Nome  - Nerd Break
Foto: Reprodução Internet

O sensível e único filho da família americana com ascendência italiana e francesa Perlman, Elio (Timothée Chalamet), está enfrentando outro verão preguiçoso na casa de seus pais na bela e lânguida paisagem italiana. Mas tudo muda quando Oliver (Armie Hammer), um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai, chega. [Disponível na Netflix]

Tomboy

Assista online ao filme Tomboy | Telecine
Foto: Reprodução Internet

Neste filme francês de 2012, Laure (Zoé Héran) é uma garota de apenas 10 anos que vive com os pais e sua irmã mais nova Jeanne. Há pouco tempo em uma casa nova e sem conhecer a vizinhança, um certo dia Laure resolve passear na rua e acaba conhecendo Lisa (Jeanne Disson), uma criança que se veste “como um menino”, de cabelo curto e roupas masculinas. [Disponível no canal pago TeleCine]

A Favorita

Crítica: A Favorita - Entre as quatro paredes da Corte
Foto: Reprodução Internet

Com uma história que passa na Inglaterra do século XVIII, Sarah Churchill, a Duquesa de Marlborough (Rachel Weisz) é muito influente como confidente, conselheira e amante secreta da Rainha Ana (Olivia Colman). Porém, a história tem uma reviravolta inesperada com a chegada da nova criada, Abigail (Emma Stone), que se torna a queridinha da majestade, levando a um embate histórico entre as duas pela atenção da rainha.

Transparent

Foto: Reprodução Internet

Na série Transparent, dirigida por Jill Soloway, conhecemos uma família de Los Angeles que enfrenta problemas sérios em sua relação. O pai, Mort (Jeffrey Tambor), tem três filhos já adultos, Ali, Sarah e Josh, e um dia decide reuni-los para falar sobre o futuro. Achando que se tratava de uma herança financeira, os jovens acabam descobrindo que, na verdade, o pai tem o desejo de se assumir como transgênero. [Disponível no Amazon Prime Video]

Milk: A Voz da Igualdade

Milk: A Voz da Igualdade - 25º Festival MixBrasil
Foto: Reprodução Internet

Sean Penn dá vida a Harvey Milk, o primeiro gay assumido a alcançar um cargo público de importância nos Estados Unidos, em 1977. O filme conta o início da carreira política e a vida de Milk, que se muda com o namorado, Scott (James Franco), para São Francisco e abre uma loja de câmeras fotográficas no famoso bairro LGBT, o Castro. Sean Penn levou o Oscar de Melhor Ator pelo papel em 2009. [Disponível para compra no YouTube]

Amor Por Direito

Foto de Elliot Page - Amor por Direito : Foto Elliot Page, Julianne Moore -  AdoroCinema
Foto: Reprodução Internet

O filme de Peter Sellet aborda um drama real de muitos casais do mesmo sexo: seus direitos legais. Na trama, a policial  Laurel Hester (Julianne Moore) tem um relacionamento sério com a mecânica Stacie Andree (Ellen Page), mas é diagnosticada com uma doença terminal. Ela quer deixar sua pensão para a companheira após sua morte, mas mesmo tendo o equivalente americano a uma união estável, a relação não é reconhecida, o que dá inicio à batalha por equidade. [Disponível no Amazon Prime Video]

O Segredo de Brokeback Mountain

13 filmes LGBTQ+ que você precisa assistir e disponíveis no streaming
Foto: Reprodução Internet

O longa de Ang Lee é um dos filmes com temática gay mais premiados de todos os tempos, levando os Oscars de Diretor, Trilha Sonora e Roteiro Adaptado, além de ser indicado em outras cinco categorias, incluindo Melhor Filme. O roteiro sensível narra o romance de dois caubóis, Ennis Del Mar (Heath Ledger) e Jack Twist (Jake Gyllenhaal), que se apaixonam perdidamente nos anos 1960, mantendo uma relação conturbada que os acompanhará por mais de duas décadas. [Disponível na Netflix]

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários