Oscar 2021: Chadwick Boseman não ganhou o prêmio de Melhor Ator, mas recebeu homenagem

Internautas questionaram a escolha da premiação e protestaram através das redes sociais; entenda.

Foto: Reprodução Internet.

No último domingo, dia 25 d abril, foi realizada a cerimônia do Oscar, principal premiação cinema.

Para a surpresa dos fãs, o ator Chadwick Boseman, que faleceu em 2020 em decorrência de um câncer, não recebeu o prêmio de Melhor Ator.

O nome de Boseman era uma das grandes apostas desta edição por sua atuação em “A Voz Suprema do Blues”, último trabalho de sua carreira.

Através das redes sociais os fãs criticaram a organização da premiação, além de afirmar que o prêmio da categoria foi deixado por último só para render audiência, uma vez que os organizadores sabiam que o público esperava que Boseman fosse escolhido.

VIU ISSO?

—> Oscar 2021: ‘Nomadland’ é o filme do ano

—> ‘Framboesa de Ouro’ elege os piores filmes do ano

—> Look mais caro usado na história do Oscar custou R$ 21 milhões

“Anthony Hopkins mereceu muito sim, mas perderam a oportunidade de premiar Chadwick Boseman uma última vez, e ainda mudaram a ordem das apresentações para criar expectativas que fosse ele o vencedor de Melhor Ator. Enfim #oscars”, escreveu uma internauta.

“Não valia a pena chamar a esposa do Chadwick Boseman para dar a entender que seria feita uma homenagem ao marido.. Muito menos alterar a ordem da entrega dos prémios e deixar a categoria melhor ator para o fim para reforçar a ideia de homenagem… Não vale tudo”, disse outro.

Mesmo sem receber a premiação, o ator não deixou de receber uma homenagem póstuma. Os atores indicados ganharam um cartão com uma obra digital personalizada que reproduz o rosto de Boseman.

Além de presentear os vencedores, a obra será ser leiloada, e 50% do valor arrecadado vai ser doado à Colon Cancer Foundation, instituição que combate o câncer pelo qual o ator morreu em 2020, aos 43 anos.

No Instagram, o autor da obra, Andre Oshea, publicou uma homenagem em seu perfil. “A maneira de imortalizar um artista é honrando dele com a arte”, escreveu ele. “Trazer esta obra à vida foi uma das experiências mais desafiadoras e recompensadoras como artista.”

Com informações de G1.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários