Após acusação de pedofilia, PC Siqueira sai ileso de perícia

Dispositivos eletrônicos do youtuber foram analisados pela Superintendência da Polícia Técnico-Científica e provas não foram encontradas.

Foto: Reprodução Internet.

Na última terça-feira (23), o site Notícias da TV informou que a polícia não encontrou provas para incriminar PC Siqueira de pedofilia.

A Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC), da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, analisou o computador, HD externo, celular, videogame e outros dispositivos eletrônicos do youtuber, mas não encontrou nenhuma prova.

PC está sendo investigado pelo crime de pedofilia desde junho de 2020, quando supostas conversas vazaram na internet. Ele teria compartilhado fotos de uma menina de 6 anos de idade.

O youtuber passou a receber vários ataques na web e desativou seu canal no YouTube. Em novembro de 2020 ele voltou a publicar vídeos e foi duramente criticado na web após pedir doações aos seguidores.


VIU ISSO?

—> PC Siqueira é criticado na web após pedir doações aos seguidores

—> Com 99,17% dos votos, Karol Conká é eliminada do BBB

—> Castello Branco teria recusado R$ 100 milhões para Record e SBT

Ele afirmou que estava passando por dificuldades e sobrevivendo com a ajuda dos fãs.

PC Siqueira nega as acusações. De acordo com o Notícias da TV que teve acesso aos relatórios expedidos pelo Instituto de Criminalística, em todos os relatórios a resposta dos peritos é a mesma:

“PC não armazenava ou compartilhava fotos ou vídeos de conteúdo pornográfico de menores de idade.”

O caso segue em investigação pela 4ª Delegacia de Repressão à Pedofilia, da Divisão de Proteção à Pessoa do DHPP.

No Twitter, o assunto voltou a viralizar e os internautas questionaram a investigação:

“quer dizer que por não terem achado provas que incriminem o Pc Siqueira o povo está dizendo que ele é inocente? Inocente são vocês, pelo amor de deus, o próprio cara assumiu que recebeu foto sexualizada de uma criança.”, publicou um internauta.

Com informações de Noticias da TV.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários