Netflix é acusada de hipersexualizar crianças em filme

Após disponibilizar o filme ‘Lindinhas’, plataforma de streaming sofreu críticas nas redes sociais, #CancelNetflix ficou entre os assuntos do Twitter.

Foto: Reprodução Internet.

Nesta quinta-feira (10), a hashtag #CancelNetflix agitou as redes sociais. Na última quarta-feira, 9, Netflix lançou o filme francês “Lindinhas”, longa metragem que aborda a história da personagem Amy, uma jovem bailarina que se rebela contra as tradições conservadoras da família.

Na escola, a garota se encontra num grupo de dança. Além das cenas de garotas de 11 anos dançando com roupas extremamente curtas com movimentos bem sexualizados para a idade delas, no filme existe uma cena onde uma criança está tirando foto da sua genitália.

Internautas estão acusando a Netflix por cancelar séries com protagonistas fortes e representatividades, como: Anne With an E para colocar no catálogo um filme que só agrada pedófilos.

Rapidamente o movimento com a hashtag #CancelNetflix chegou ao topo dos principais assuntos mais discutidos no Twitter.

VIU ISSO?

–> Governo de SP realiza 1 ª Mostra Internacional de Cinema Virtual

–> Itaú Cultural inicia festival de arte online nesta quarta-feira

–> Luísa Sonza, Luan Santana e Giulia Be farão uma live juntos

Antes mesmo da liberação do filme, a Netflix já estava sendo alvo de críticas. O poster promocional para “Lindinhas, na versão americana sexualizava as crianças, enquanto a versão francesa mostrava as meninas se divertindo.

Após o público expor tal situação nas redes sociais e cobrar uma posição da plataforma, a Netflix substituiu a imagem promocional da série.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x