Festival de Cinema de Gramado não será presencial

Evento será exibido através do Canal Brasil na TV e na sua plataforma de streaming; Laís Bodanzky e Marco Nanini são os homenageados desta edição.

Festival de Cinema de Gramado.
Foto: Divulgação.

Este ano, devido à pandemia do novo coronavírus que afeta o Brasil desde meados do mês de março, a 48° edição do Festival de Cinema de Gramado não será presencial.

Assim como tantos outros eventos o Festival de Cinema que é um dos mais importantes do Brasil e acontece anualmente no Rio Grande do Sul teve que inovar para a realização desta edição.

A solução encontrada para evitar aglomeração foi transmitir a programação através da grade de programação do Canal Brasil e também através da plataforma de streaming.

Segundo a diretora de cinema e jurada do evento, Juliana Antunes, “A transmissão pela televisão e por streaming alcança quem não iria ao Festival e isso é muito importante para realizadores que terão o trabalho divulgado em um ano com tão pouca divulgação.”

A exibição do Festival de Cinema de Gramado será entre os dias 18 e 26 de setembro. Seguindo todos os protocolos de segurança recomendados a cerimônia de premiação deve acontecer no palco do Palácio do Festivais.

Inscrições e critérios de seleção

Para esta edição foram contabilizados 428 inscrições de curtas-metragens brasileiros (CMB) e 113 inscrições para participar do Prêmio Assembleia Legislativa de Cinema – Mostra Gaúcha de Curtas.

Ao selecionar os títulos a comissão tentou ser o mais inclusivo possível escolhendo filmes de mulheres, jovens diretores e diretoras e com temáticas diversas.

Prêmio Assembléia Legislativa de Cinema – Mostra Gaúcha de Curtas

Confira os títulos selecionados

  • Teste de Elenco (2020) – Porto Alegre

Direção: Marcos Kligman e Mariany Espindola

  • O que Pode um Corpo? (2020) – Porto Alegre

Diretor: Victor Di Marco e Márcio Picoli

  • FRAGMENTOS AO VENTO 1945 (2020) – Porto Alegre

Diretor: Ulisses Da Motta

  • Bochincho – O Filme (2020) – Porto Alegre

Direção: Guilherme Suman 

  • O Céu da Pandemia (2020) – Porto Alegre

Direção: Marina Kerber

  • Lacrimosa (2019) – Porto Alegre

Diretor: Matheus Heinz

  • Deserto Estrangeiro (2020) – Porto Alegre

Direção: Davi Pretto 

  • Corpo Mudo (2020) – Santa Cruz do Sul

Direção: Marcela Schild 

  • Construção (2020) – Pelotas

Diretor: Leonardo da Rosa

  • Letícia Monte Bonito 04 (2020) – Pelotas

Diretor: Julia Regis

  • Ver a vista (2020) – Sapucaia do Sul

Direção: Daniel de Bem 

  • Um Pedal (2020) – Canoas

Direção: Alexandre Derlam

  • MAGNÉTICA (2020) – Porto Alegre

Diretor: Marco Arruda 

  • Sopa Noir (2019) – São Leopoldo

Direção: Beatrice Petry Fontana

  • Desencanto (2020) – Porto Alegre

Diretor: Richard Tavares

  • Pra Ficar Perto (2020) – Sapucaia do Sul

Direção: Lucas dos Reis

  • O luto impossível (2020) – Porto Alegre

Diretor: Bruno Carboni 

  • Quando te Avisto (2020) – Santa Maria

Direção: Denise Copetti e Neli Mombelli

  • Dois Homens ao Mar (2020) – Porto Alegre

Diretor:  Gabriel Motta

VIU ISSO?

–> Filme sobre Whitney Houston será produzido pela Sony para 2022

–> A Barraca do Beijo: Netflix confirma lançamento do terceiro filme

–> Live action do Sitio do Picapau Amarelo é confirmado

Curtas-metragens brasileiros (CMB)

Confira os títulos selecionados

  • Atordoado, Eu Permaneço Atento – Rio de Janeiro

Direção: Henrique Amud & Lucas H. Rossi dos Santos

  • Blackout – Rio de Janeiro

Direção: Rossandra Leone

  • Dominique – Rio de Janeiro

Direção: Tatiana Issa, Guto Barra

  • Extratos – São Paulo

Direção: Sinai Sganzerla

  • Inabitável – Pernambuco

Direção: Matheus Farias, Enock Carvalho

  • Joãosinho da Goméa – O Rei do Candomblé – Rio de Janeiro

Direção: Janaina Oliveira ReFem e Rodrigo Dutra

  • O Barco e o Rio – Amazonas

Direção: Bernardo Ale Abinader

  • 4 Bilhões de Infinitos – Minas Gerais

Direção: Marco Antonio Pereira

  • Receita de Caranguejo – São Paulo

Direção: Issis Valenzuela

  • Remoinho – Paraíba

Direção: Tiago A. Neves

  • Subsolo – Rio Grande do Sul

Direção: Erica Maradona e Otto Guerra

  • Trincheira – Alagoas

Direção: Paulo Silver

  • Você tem olhos tristes – São Paulo

Direção: Diogo Leite

  • Wander Vi – Distrito Federal

Direção: Augusto Borges e Nathalya Brum

Premiação

Além dos troféus, incluindo o famoso troféu Kikito, os vencedores das categorias também ganharão prêmios em dinheiro.

Homenageados do Festival de Cinema de Gramado 2020

Os homenageados são a diretora Laís Bodanzky que ganhará o troféu Eduardo Abelin e o ator, produtor e diretor Marco Nanini que receberá o troféu Oscarito.

Laís Bodanzky e Marco Nanini são os homenageados da edição.


Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários